O retorno do guerreiro (ou ‘Tudo ao mesmo tempo agora’)

47
Avalie essa postagem

Cheguei da praia no dia 13/01 (12 dias no total). 
Comi meia tapioca certo dia, e tive azia (engraçado que comi bastante farinha de mandioca, e não tive nada). Idem para um peixe empanado (diarréia leve). Então fiquei mesmo com o camarão alho-e-óleo (era óleo de soja, mas comi assim mesmo :-), moquecas carregadas no dendê e carnes vermelhas.
Abusei das frutas secas (comi, praticamente sozinho, 1kg de figo seco e 1kg de damasco seco – fora as uvas-passa e castanhas a rodo) e das in natura (maçã, pêra, banana e mamão – infelizmente não achei jaca-dura na Bahia). 
Comi ovos mexidos com queijo e/ou requeijão marrom todos os dias (uma média de 4 por dia, mas chegaram a 6-7). Comi queijo coalho na praia todos os dias, acompanhado de água de coco.
Vossa Majestade, o Requeijão Marrom. Senhor do Norte de Minas,
e Sul da Bahia, Rei dos Laticínios Fermentados Gordurosos, 
Comandante Supremo dos Prazeres Derretidos na Frigideira.
Continuei sem tomar cerveja, e as únicas bebidas alcóolicas foram o chachaça (preparei com mais ou menos 10% de álcool, e tomei 4 litros em 2 dias) e algumas doses de José Cuervo e Absolut. Zero ressaca.
As cocadas, sorvetes e afins não me apeteceram nem um pouco. Para ser franco, o cheiro da “cocada de maracujá” me deixou com nojo – e olha que já fui um grande fã dela.
Dormi pelo menos 10 horas por dia, TODOS os dias. Tinha me prometido que ia malhar todos os dias, mas só fiz 1 vez.
O resultado dessa comilança, bebelança e coçação foram exatos 1100 gramas a mais na balança 😀 Confesso que fiquei (alegremente) espantando. Achava que iria engordar uns 3-4kg, ainda que fosse apenas água.
Acredito que o que aconteceu é que depois das minhas duas semanas em dieta cetogênica (aqui e aqui), meus estoques de glicogênio estavam baixinhos. Aí veio o natal, e meti a cara nas frutas, emendei com o reveillon e fui para a praia. Os estoques de glicogênio já deviam estar abarrotados, e como não comi nada que lascasse demais a insulina, me mantive nesse nível até agora.
No final da segunda semana cetogênica, estava com 63.1kg. No dia que saí de BH para a Bahia, estava com 65kg. Voltei com 66.1kg, e estou com eles até agora…
Progresso do peso nas últimas semanas.
O gráfico completo está aqui.
No dia 13 mesmo, voltei para a dieta do guerreiro. O almoço de hoje foi a segunda refeição em 48h. O peso ainda não mudou: 66.1kg.
Neste semestre, quero tentar uma abordagem diferente: enquanto as aulas da faculdade não voltarem, vou seguindo a WD do meu jeito usual: almoço e água nos intervalos, malhando todo dia depois do expediente. Quando as aulas recomeçarem, vou alterar a rotina: malhação às 5h da matina, antes de ir para o trabalho. Almoço-monstro ao meio-dia. Malhação às 18h, antes de ir para a faculdade. Depois da aula, direto para a cama. E água nos intervalos 😀
Vamos ver se vou conseguir manter o ritmo, ou se vai ser necessária aquela refeiçãozinha antes de dormir…
Além da rotina do guerreiro, vou tentar encostar na dieta cetogênica. Nestes primeiros dois dias, o placar ficou assim:
O teste do espelho me disse o seguinte:
66.1kg
Mais novidades em breve!

Recomendado para você: