O Bimestre do Guerreiro

Hoje completam-se 2 meses que comecei a praticar a Dieta do Guerreiro, mas é bem verdade que nos últimos 15 dias, dei uma relaxada (embora ainda continue dentro dos preceitos do Ori Hofmekler). Explico: com a volta às aulas, entendo que o meu gasto calórico aumentou. Agora são 3 horas e meia a mais de atividade por dia, principalmente cerebral.

Como a minha ingestão calórica não mudou, acho que o fim do dia está sendo um pouco mais desconfortável - e acabo ficando com certa fome lá pelas 23h30, depois de chegar da faculdade e malhar. Tenho comido nesse horário, geralmente pouco (mas às vezes, muito :-).

O meu horário de almoço é limitado, e o estômago também. Se eu comia 2200 calorias em uma única refeição (e ficava lotadão), para conseguir segurar essa nova carga, talvez tivesse que comer 2500 por exemplo. E aí, o estômago é que não comporta :-)

O Hofmekler coloca a janela de alimentação em um período de 4 horas. Eu poderia então fazer um almoço grande e mais alguns lanches (à medida que "fosse esvaziando"), mas esbarro numa questão logística: ter esses lanches à mão, todo dia, durante o expediente. É factível, mas é chato e trabalhoso - e o meu tempo anda bem curto.

Vou optar então por fazer um lanche no intervalo da faculdade (por volta das 20h30). Um ovo cozido, um bolinho, algumas macadâmias ou uma porção de torrresmos devem ser o suficiente para me manter tranquilo até o almoço do dia seguinte - mesmo contando a malhação pós-aula.

Outra possibilidade seria caminhar para dieta cetogênica - aumentar a gordura, de modo que conseguisse umas 2500 calorias com um volume menor de comida. Mas aí entra questão de gosto: eu gosto de vegetais, e gosto de consumir pelo menos um pouco de batata-doce/inhame/abóbora/mandioca todo dia (sem falar na fruta de sobremesa). Assim sendo, vou deixar a cetogênica de lado por enquanto...

O adipômetro xing-ling continua apontando algo entre 10 e 12% de gordura. A balança subiu 1kg em relação ao último reporte.

O teste do espelho me diz o seguinte:


06/07/2014
66.1kg

07/09/2014
63.3kg

Recomendado para você

3 comentários

Click here for comentários
7 de setembro de 2014 21:43 ×

Acho que já ta bom rsrs...

Reply
avatar
7 de setembro de 2014 22:28 ×

Olá Hilton...Parabéns pelo blog! sigo dieta low carb páleo a um tempo( desde novembro de 2013) e não obtive os resultados esperados.Treino 3x na semana e eventualmente caminho. Procuro ler tudo sobre a dieta, mas não sei onde erro. Li essa tua dieta do guerreiro e acho que vou testar. Gostaria de perder peso e definir a musculatura. Fico meio desanimada com tanta gente postando resultados maravilhosos

Reply
avatar
Teimosia
admin
8 de setembro de 2014 08:19 ×

Olá, Magali

Eu imagino o quanto deve ser chato ver a mágica acontecer com outras pessoas, mas não com você. O que posso dizer é: mantenha o foco na sua saúde, e tente não se preocupar com o peso. Continue comendo direito, e se exercitando direito, sempre!

Costumo dizer que mesmo se eu não tivesse emagrecido 1g, ainda assim eu teria mudado: trocaria fácil todos os 15kg que eu perdi pela ausência de azias, dor articular e pele rachada.

Sugiro que você leia primeiro isso aqui:

http://www.lowcarb-paleo.com.br/2014/01/sobre-galgos-e-bassets.html

E depois, esses aqui:

http://www.paleodiario.com/2014/08/perda-de-peso-para-mulheres-parte-i.html
http://www.paleodiario.com/2014/08/perda-de-peso-para-mulheres-parte-ii.html
http://www.paleodiario.com/2014/04/a-fisiologia-da-perda-de-peso-para.html
http://www.paleodiario.com/2014/04/a-fisiologia-da-perda-de-peso-para_23.html
http://www.paleodiario.com/2013/10/17-razoes-pelas-quais-voce-nao-esta.html
http://www.paleodiario.com/2013/10/mais-9-razoes-pelas-quais-voce-nao-esta.html

Reply
avatar
Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores