Cerveja: o adeus

17
Avalie essa postagem

Depois de mais de 1 ano sem tomar cerveja, outro dia eu tomei meio copo de uma golden ale, e meio copo de uma quadruppel. Foi o paraíso para a língua, e o inferno para o intestino 😀
Nas primeiras duas horas pós-cerveja, inchaço e gases mil. Pouco depois, fui promovido a rei e fiquei um bom tempo no trono.
Veredito: cervejas, por mais gostosas que sejam, não são mais para mim… Os muitos meses sem glúten cobraram um preço significativo e ensinaram uma lição: vou continuar (de leve) com os vinhos e o chachaça, e pronto. 
Cerveja, adeus.

Recomendado para você: