Dieta do Guerreiro: Os princípios

315
Um bocado de gente tem me perguntado sobre a dieta do guerreiro (WD). Bem, eu não sou especialista nela… Estou fazendo um auto-experimento com uma versão adaptada, que possivelmente o Ori Hofmekler (o idealizador) não iria aprovar: por exemplo, ele não vê problema nos grãos integrais e tem um pouco de medo da gordura animal 😀
Sendo assim, não garanto o sucesso de ninguém… Tem atendido as minhas expectativas, mas não advogo para que ninguém pratique. Caso queira experimentar, não se esqueça de ouvir o que o seu corpo diz. Se ele estiver reclamando, é porque tem alguma coisa errada.
O texto abaixo eu escrevi a partir de consultas a diversos que falam sobre WD. 

Princípio 1: Coma uma refeição à noite

Há evidências de que os humanos são comedores noturnos, inerentemente programados para comerem pouco e trabalharem durante o dia e comerem muito e relaxarem à noite.

Princípio 2: Respeite a cadeia alimentar

Pesquisadores acreditam que o genoma humano está programado para o mundo do final do paleolítico. Como caçadores-coletores (apesar de mais coletores que caçadores), estamos melhor adaptados para comida pré-agricultural – isto é: frutas, legumes, verduras, raízes, nozes, sementes, ovos e animais.

Princípio 3: Exercite-se enquanto estiver na escassez 

(A tradução “undereating” não é “escassez” literalmente – está mais para “comer de menos”, “comer pouco” – mas eu quis escolher uma palavra só, para representar o conceito)

Já está estabelecido que temos mecanismos de sobrevivência inerentes que nos compensam quando enfrentamos estresse físico ou nutricional. Combinar o exercício com a escassez vai ampliar os mecanismos benéficos de ambos, nos tornando mais resistentes, fortes e saudáveis.


Ciclo de alimentação no período de 24h. Originalmene, o Hofmekler sugere
que o seu festim comece às 19h – mas deixa claro que o horário pode ser 
adaptado de acordo com as possibilidades do praticante

Fase de Escassez 

Durante a escassez, deve-se minimizar o consumo de alimentos, preferindo frutas, legumes e verduras crus, sopas e pequenas quantidades de comida rica em proteína. Perceba que escassez não é necessariamente jejuar. Eu escolhi o jejum completo, porque me sinto bem. Se a fome apertar algum dia, tenha certeza que vou beliscar alguma coisa 🙂 Escute o seu corpo!

Esta fase acontece durante as horas úteis. Ela promove naturalmente o sistema nervoso simpático (SNS), que regula a reação ao estresse, alerta e gasto de energia. Durante esse tempo, o corpo muda para um balanço energético negativo e é forçado a quebrar a gordura armazenada para obter energia. 

Fase de Festim

Esta fase acontece durante a noite. É o momento de ter a refeição principal, consistindo de todos os grupos alimentares na combinação correta. Os indivíduos são encorajados a alternar entre dias com diferentes concentrações de macronutrientes, tais como os dias ricos em gorduras, seguidos pelos dias ricos em carboidratos, para descobrir qual combustível funciona melhor. Se você é praticante de paleo low-carb ou paleo high-carb, personalize a sua rotina nesse ponto. Perceba que indivíduos podem precisar ajustar a ingestão calórica de acordo com o nível de atividade. A fase do festim promove o sistema parassimpático (SNPS), que regula o relaxamento, digestão e recuperação. Durante esta fase, o corpo muda para um balanço energético positivo, enquanto estabelece um estado anabólico em geral. É o momento de o corpo recuperar-se, construir tecidos e reabastecer as reservas de energia.

Nós somos inerentemente programados para alternar entre balanços energéticos positivos e negativos, e assim alternarmos estresse, alerta e queima de gordura durante o dia, seguido por relaxamento, compensação e recuperação à noite. A sobrevivência humana é medida pela capacidade de melhorar a utilização da energia, e a capacidade de resistir ao estresse e à doença. A WD, conforme proposta pelo Hofmekler, visa restaurar mecanismos biológicos que melhoram a sobrevivência humana no dia-a-dia.

O exercício ajuda a amplificar os benefícios da dieta do guerreiro. É uma boa idéia incorporar exercícios de força e velocidade – tais como treino intervalado de alta intensidade (HIIT) à sua rotina de malhação.

Recomendado para você: