Lasanha de abóbora cabotiá e queijo canastra

348
Alguns dias atrás, eu achei um pedaço de abóbora cabotiá (conhecida em algumas regiões como abóbora-moranga) na geladeira, e quis dar um destino diferente a ela do que simplesmente virar creme ou guisado (as maneiras tradicionais como preparo em casa).
Calhou que eu tinha um queijo canastra meia-cura e presunto na geladeira, então improvisei uma lasanha. Já imaginava que ia ficar bom – porque TUDO de abóbora fica bom 😀 – mas não imaginei que fosse ficar TÃO bom… Quando postei no Instagram do Paleodiário, várias pessoas pediram receita, então aí vai…
  • 1/4 de abóbora cabotiá, sem sementes nem casca 
  • Queijo canastra (qualquer queijo deve servir…)
  • Presunto
  • Molho de tomate (usei o industrializado mesmo, mas certamente teria ficado mais gostoso com um molho caseiro)
  • Alho a gosto (eu gosto MUITO)
  • Sal a gosto
  • Outros temperos
Fatie a abóbora com um fatiador de queijo. Dá um certo trabalho, e acho que da próxima vez vou usar o processador de alimentos. O ideal é que as fatias fiquem bem finas, porque vão para o forno ainda cruas.
Fatie o queijo com um fatiador de abóbora 😀 Brincadeira, use um fatiador de queijo mesmo.
Misture o molho de tomate aos temperos de escolha.
Em um refratário, faça a montagem tradicional de uma lasanha: camada de abóbora, camada de presunto, camada de queijo, camada de molho, e repita até acabarem os ingredientes. O ideal é deixar um pouco de queijo por cima, para ficar gratinado.
Asse por 30 minutos a 250C, e sirva. Aqui em casa, um refratário médio não durou mais que o almoço.


Recomendado para você: