Todos têm seu tempo para encontrar suas próprias motivações

67
Avalie essa postagem

Há 10 anos comecei a me interessar por alimentação saudável, nem tanto por questões de sobrepeso mas por desconfiar que saúde e alimentação estavam intimamente ligadas. 
Passei por muitos protocolos e dietas: alcalinismo, crudivorismo, veganismo, redução calórica e por aí afora. Tudo muito bonito e inclusive eficiente, mas por pouco tempo e na maioria das vezes, intoxicados por ideologias. 
De saúde mesmo, nada… de forma que um-a-um fui abandonando esses protocolos.

Há mais ou menos 2 anos, conheci o protocolo paleo/LCHF, através do site Emagrecer de Vez; adquiri o livro “Por que engordamos?” e a partir daí, fui investigando mais e mais. 

Fui entrando na dieta pouco a pouco, durante 1 ano fazendo uns 50% paleo e 50% tradicional.

Nessa época pesava 75kg e a dieta a 50% mantinha tal peso constante.

Moro fora do Brasil, e há 1 ano fui a nosso país para a formatura da minha filha, rever família, etc. 

Resultado: 5kg a mais. 
Voltando a casa e já com 80kg, aproveitando a “ajuda” de um casal de amigos com sobrepeso e que precisavam emagrecer urgente (além da minha esposa, com pelo menos 15kg a mais), entrei na cozinha e assumimos o estilo de vida paleo “com os 2 pés”. 
Essa “ajuda” dos meus amigos foi providencial, pois eu cozinhava para todos e tinha que fazer uma comida variada e saborosa para não se tornar uma dieta aborrecida.

Os resultados foram assombrosos. 

O casal de amigos em 1 mês e meio de dieta, ele perdeu 11kg e sua esposa 7kg. Infelizmente parece que nem saúde nem questões estéticas estão entre suas prioridades, de modo que em uma viagem ao Brasil, voltaram a engordar e agora fazendo a dieta somente a 50% o máximo que conseguem é não engordar. 
Todos têm seu tempo para encontrar suas próprias motivações, e eles encontrarão as suas.

Já eu e minha esposa seguimos firmes no estilo de vida paleo/LCHF. Minha esposa foi dos 75kg aos 65kg, (ainda falta deixar para trás outros 5kg). Eu, dos 80kg iniciais, estou com 68, além de haver perdido pelo menos 15cm de circunferência abdominal – algo que nao havia acontecido antes com nenhuma dieta. 

Não sei se consigo emagrecer mais, acredito haver chegado ao meu set point. O que preciso ainda é continuar perdendo a barriga, e sinto que isso vai acontecendo pouco a pouco.

Em 8 meses de dieta nunca passei fome, nunca contei carbos, nem calorias nem nada. Continuo comendo boas quantidades sem me importar com quantidades de carbos dos alimentos. Batata doce, abóbora, cenoura e outros alimentos altos em carbos fazem parte da minha dieta diária. Mas tudo comida de verdade, claro.

Também tenho que dizer saio da dieta algumas vezes (normalmente arroz e batatas), inclusive por vários dias seguidos, mas isso não altera meu peso
e nem minha vontade de seguir com o protocolo paleo/LCHF.

Nesse meio tempo e já com conhecimentos muito mais amadurecidos, já tendo lido os livros mais importantes e seguindo os principais blogs e sites do Brasil e de fora, passei a assessorar várias pessoas interessadas na mudança de hábitos alimentares e conseguimos vários resultados muito expressivos – não só de emagrecimento como melhora visível de saúde. 

Fiquei tão entusiasmado com os resultados da paleo/LCHF que estou montando um negócio de comida a domicílio baseado nesse protocolo, além de investir em treinamentos de coach nutricional, para poder auxiliar outras pessoas na mudança de hábitos alimentares de modo mais sistemático e estruturado.
Emir
E você, gostaria de contar a sua história e ajudar a inspirar outras pessoas ? Se sim, escreva um texto, junte umas fotos e mande para [email protected]

Recomendado para você: