Não tenho mais pressa

31
Avalie essa postagem

Meu nome é Daniela Marçal, 41 anos, Analista de Sistemas, mãe de 4 filhos.
Eu sempre gostei de praticar esportes. Gostava de bolas, cordas, bike, correr e pular. Embora a genética me puxasse para o sobrepeso, eu sempre lutei contra isso, caminhava, corria, nadava. Era o ano de 2006, estava feliz, em forma, realizada profissionalmente e de bem com a vida. Eu tinha acabado de realizar um procedimento cirúrgico estético. 
Assim que fui liberada para a prática de exercícios, fui pra capoeira. Um dia, após o alongamento, senti minha perna “travada”, mas não dei importância. Fomos fazer uma corridinha para esquentar. Senti um estalo e muita dor, caí no chão. O estrago foi feio, panturrilha, tendão e uma fratura no tornozelo. Esse foi o ponto inicial para a depressão. O aumento do peso dia-a-dia, aliado a outros fatores de cunho pessoal, levaram a quadro maior dessa doença. Me entreguei. 

Em julho de 2103 tive duas hemorragias nasais, pensei que ia morrer e deixar meus filhos. Foi o amor por eles que me manteve viva até ali. Nunca pensei em tirar minha vida, porque além do temor a Deus, bem ou mal, sempre pensei que ninguém iria amar e proteger meus filhos como eu. Nessa época comecei a estudar a gastroplastia e conheci também a Paleo. Em janeiro de 2014, cheguei a uns 125 kg, lembro-me bem desse peso, muita tristeza. Meu coração não queria a cirurgia. Eu sempre acreditei na alimentação e no esporte.
No auge da obesidade, em 2014
Mesmo com minha mente confusa, e perdida nos posts do Dr. Souto (os da linguagem científica….muita informação para uma depressiva só…rsrs), eu não desisti!!! Entrei nos Grupos Paleo, pedi ajuda. A cirurgia não passou nem dos exames. Mergulhei na Paleo. 
Errando e voltando….tendo crises e me afundando em porcarias e voltando. Ai descobri que minha enxaqueca, minha dor no ombro e um piriri que me acompanhava há dois anos, estavam totalmente relacionados ao glúten e ao leite. Era ficar sem esses produtos ficava zerada, era comer, começava a tortura. 
A Paleo sempre esteve no meu coração, na minha essência eu só precisava exteriorizá-la – claro que com os conceitos certos, que é o que eu tenho buscado e aprendido. Agora com mais clareza, acompanho e estudo diariamente o blog do Dr. Souto, e tudo é mais fácil de entender. Hoje estou curada da depressão, hoje sou pura energia Paleo. 
Motivada, feliz e, pronta pra me dedicar a perder os kilos que ainda restam, e não são poucos, mas não tenho mais pressa. A luta agora é só contra o peso, estou no lucro! Sai da casa dos 100kg depois de seis anos. Agora é só Paleo, Saúde, Paz, Relax…… 
** Gratidão a Deus, meus pais, meu irmão, meus filhos, à Paleo, ao Dr. Souto e aos Grupos Paleo **

E você, tem uma história para contar ? Se tem, mande-me um email e ajude a inspirar outras pessoas a mudarem de vida!

Recomendado para você: