Agora eu quero ver!

3
Avalie essa postagem

Excelente notícia!
O BMJ (Jornal Britânico de Medicina), uma das mais respeitadas publicações médicas do planeta, decidiu alterar sua política para aceitar artigos científicos.
Agora, ao submeter uma nova pesquisa, o autor deve estar isento de conflitos de interesse (ou seja, não pode fazer parte da folha de pagamento de empresas, ou ter sido financiado por elas, ou ser dono de uma patente ligada ao próprio estudo, etc) pelos 36 meses anteriores. Além disso, caso saiba que vai ter conflito de interesses nos 12 meses seguintes à submissão do artigo, ele precisa declarar também.
O intuito, no frigir dos ovos, é reduzir a presença daqueles estudos que por malícia ou por influência psicológica, apresentam resultados “ajeitados” para dar certo. São “bobagenzinhas” que matam milhares de pessoas por ano: na média, remédios com efeitos colaterais varridos para debaixo do tapete.
Vamos ver agora quantos estudos patrocinados pela Coca-cola vão dizer que açúcar e xarope de milho de alta frutose não fazem mal…
Que outros jornais científicos adotem essa postura, e que o BMJ consiga segurar o rojão – porque a pressão em cima dele vai crescer…
Como dizia o Bezerra: Se gritar “pega, ladrão”, não fica um meu irmão 😀

Recomendado para você: