Certamente a última dieta da minha vida!

114
Avalie essa postagem

Encontrei mais que uma dieta, mais que uma maneira de me sentir saudável. Encontrei um estilo de vida! 
Iniciei em 13 de outubro de 2014 e nunca tive uma recaída, nada, nem de provar uma pitada da comida ou dos doces que preparo para os meus filhos. Nada de frutas doces. Eu como até 10 morangos por dia, ou uma fatia de melancia ou melão, mas na maioria dos dias fico sem. 
Hoje não pratico atividade física nenhuma, nem mesmo uma caminhadinha… kkkk Fui gerente de academia por mais de cinco anos, mas nunca fui referência para o que eu vendia! Neste período, perto de nutricionistas, personal, educadores físicos, e até alunos queriam a minha mudança. Mil dietas loucas, cirurgias estéticas, muita malhação e nenhum resultado! 
Não foi fácil, cortar 100% de alimentos que eu amava e consumia em excesso, como por exemplo o arroz e o pão. Foi a etapa mais crítica. Com algumas semanas já vendo os resultados, percebi que nada era impossível. 
Ficar longe da minha cerveja (o pão líquido), era o fator que mais me preocupava… Superei, e olha que eu tomava cerveja todos os dias! Sigo firme, longe dos “pós brancos”, rsrsrs (farinha branca refinada e açúcar refinado), e muito FELIZ, com menos 20 kg, mesmo sendo considerada uma louca por muitos e gerar polêmica na família! 
Nada é mais gratificante, do que me aceitar no espelho! Este ano pretendo voltar aos treinos, (ou não! Kkk, odeio), a única certeza é que PALEO é minha vida!

Quando decidi que tinha que mudar a minha vida, não sabia que me sentiria tão feliz com isso. Não imaginava nem almejava ser exemplo de nada!
Era uma luta comigo mesma, só isso!!!
Entrei de cabeça em uma dieta que muitos julgaram maluca, mas que aos poucos, foi se tornando o meu estilo de vida!
Hoje fico imensamente feliz em ler inúmeros recados e mensagens in box, ligações, amigos que estavam distantes, conhecidos e desconhecidos, e poder ajudar alguém, seja fazendo sorrir, fazendo correr, malhar, motivando a levantar do sofá, mudar hábitos alimentares…
Ou apenas fazer alguns perceberem que estão vivos!
Esta semana conversei com uma filha, que viu em mim uma chance de motivar um pai que hoje tem apenas 38% do coração devido a gordura.
Pessoas que gostariam de ter lido a minha história antes de realizarem a cirurgia bariátrica.
Muitas histórias…
Feliz!!! Muito feliz!
Gratidão eu sinto! Por todos aqueles que me incentivam e me motivam a continuar.
Grata por acordar e saber que posso motivar 10 pessoas ou motivar 300 pessoas.
Não me importa quantas!!
Se eu tivesse motivado apenas uma única vida, diria que mesmo assim, tudo valeu a pena!
E continuará valendo!
Sempre!!

Cinthia

Recomendado para você: