Semana do Guerreiro: começa hoje

249
Já faz um bocado de tempo que tenho namorado a idéia de experimentar a dieta do guerreiro. Embora o Ori Hofmekler não seja partidário da dieta paleo (o foco dele é nos benefícios metabólicos do jejum intermitente em si, sem prestar muita atenção à qualidade da comida propriamente dita), a teoria por trás me parece bastante consistente: quando em jejum prolongado é que estamos mais alertas, com a insulina em baixa e o GH e glucagon em alta. Momento ideal para “ir à caça/coleta” – leia-se “malhar” – e ganhar massa magra.
A dieta intercala períodos sem alimentação (undereating) e com muita alimentação (overeating), sendo os primeiros de aproximadamente 20h, e os outros de 4h. Durante o undereating, líquidos não-calóricos estão liberados, e mesmo pequenas (pequenas mesmo!) porções de alimentos mais sólidos.
Acredito que, já estando ceto-adaptado e com o apetite sob controle, vai ser tranquilo. Já fiz diversos jejuns de 24h, embora nunca em dias consecutivos. As minhas regras são:

  1. A única alimentação do dia será o almoço. Um GRANDE, ENORME, MONSTRUOSO almoço.
  2. Durante o undereating, apenas água.
  3. Farei uma sessão de treino por dia. Os 20-30 minutos de sempre, com os exercícios de sempre e a intensidade de sempre
  4. Se me sentir mal a qualquer momento, paro imediatamente e como um bocado
Os resultados reportados em sites internet afora são fantásticos – mas eu não espero nada parecido: primeiro, porque não pretendo puxar ferro como os praticantes geralmente fazem. 
Segundo, o experimento está programado para 1 semana apenas. O que quero avaliar é principalmente o percentual de gordura ao fim dos 7 dias, e mesmo assim, sob ponto de vista subjetivo: o teste do espelho 🙂

O meu adipômetro xing-ling me diz que eu tenho entre 12 e 14% de gordura atualmente, e o espelho me diz isso aqui:

66.1kg, resultado de uma comilança 
infinita de frutas e mel durante as férias 🙂 
Para dar uma idéia, eu não chegava a esse peso desde junho do ano passado. 
É claro que o condicionamento físico é outro (dado que só comecei a malhar em setembro/2013), e que certamente ganhei massa magra – mas o quilo-e-meio que apareceu nas últimas 2 semanas certamente não foi de músculos 😀
De qualquer maneira, vamos lá! O almoço de hoje foi farto, e de lá para cá (são 21h15 agora) eu já encarei uma roda de capoeira e 4 sprints escada acima (5 andares).
Vou tentar fazer uma atualização por dia, e no final da semana posto outra foto e as minhas impressões. Ou, se o experimento falhar, eu aviso também….

Recomendado para você: