A Quinzena do Guerreiro

61
Avalie essa postagem

Hoje completam-se 15 dias do experimento, e estou decidido a manter o novo modo de alimentação por tempo indeterminado. Algumas coisas para destacar:

  • Clareza mental: continua impressionante. A capacidade de concentração aumenta MUITO, ao invés de piorar (que era o que acontecia quando eu comia carboidratos refinados – qualquer privação mais prolongada de alimento causava mau-humor e dor de cabeça). Vou analisar melhor mês que vem, quando volta a aula na faculdade e a minha rotina de uso cerebral volta a ser o dobro do normal. Veremos se vou ter energia 🙂
  • Não-diminuição da força muscular. Algumas pessoas me alertaram que eu ia “ficar fraco”, mas resolvi correr o risco. O resultado: acredito que estou mais forte que antes. Pode ser psicológico, é claro, mas meus tempos de malhação melhoraram muito. Consigo terminar uma sessão em menos tempo, ou então consigo me exercitar mais vezes dentro dos 20-30 minutos de sempre.
  • Perda de peso: até o momento, estou julgando que é apenas gordura que se foi. O meu adipômetro xing-ling continua marcando entre 12 e 14%, mas a medida da dobra cutânea supra-ilíaca diminuiu de 10 para 9mm. É claro que isso pode ser simplesmente erro na minha medição (medir 1mm “no olho” é o mesmo que nada), mas as dobrinhas “pegáveis” visivelmente diminuíram na região do umbigo. Ainda existem, mas estão menores 🙂 Preciso marcar a bioimpedância e ter certeza do percentual exato…
  • Que maravilha, não precisar lavar tantos pratos. Com duas refeições a menos por dia (fora o prato sujo ocasionalmente de queijo derretido), a pia fica limpa por mais tempo e o meu lazer agradece 🙂

06/07/2014

20/07/2014

No total, foram 2.8kg perdidos nesses 15 dias (de 66.1 para 63.3kg). A diferença nas fotos e nas roupas é sutil, mas está lá. Engraçado ficou o gráfico de peso nos últimos dias:

Férias abusadas, e depois toma-se tento!

Novas notícias mais para a frente!

Recomendado para você: