O que acontece se você comer 5800 calorias diariamente, numa dieta LCHF ?

1010

Artigo traduzido por Hilton Sousa. O original está aqui.

feltham

O que acontece se você comer demais numa dieta LCHF? É uma questão comum, e aqui está uma resposta possível.
O jovem Sam Feltham fez um experimento de 3 semanas, no qual ele comeu quantidades enormes de comida LCHF. Na média, 5794 calorias por dia, das quais “apenas” 10% eram carboidratos (veja o menu).
De acordo com a super-simplificada contagem de calorias, o gasto de energia não é afetado pelo que você come. Todo o excesso de calorias vai então levar a ganho de peso. Se isso fosse verdade, Feltham teria ganhado 7.5kg durante as 3 semanas, mas na realidade ele ganhou apenas 1.7kg.
Aqui está a explicação:

Teoria e Realidade

Há uma diferença entre o excedente de energia calculado e o excedente real de energia. Aparentemente, Feltham não tinha um grande excedente real de energia, já que não ganhou muito peso.
A explicação mais provável para mim é que seu gasto energético aumentou substancialmente durante o experimento. Pode haver outras explicações ? Talvez seu corpo tenha se adaptado e não consumido todos os nutrientes que ele comeu ?
Não fiquei surpreendido com os resultados. Se você passar fome por longos períodos, você não perde tanto peso quanto a simples contagem de calorias prediz. O corpo vai diminuir a taxa metabólica. Se você comer demais, você não ganha tanto peso assim. O corpo se adapta e tenta manter uma massa de gordura apropriada.
Alguns acham difícil acreditar nos resultados de Feltham e sugerem que ele está mentindo. Eu não penso assim. Há diversos relatos prévios de pessoas que fizeram experimentos similares – se entupiram com quantidades enormes de comida LCHF. O ganho de peso tende a ser pequeno ou inexistente, então os resultados de Feltham parecem ser típicos.

Hormônios

A afirmação acima aplica-se desde que a regulagem hormonal do corpo esteja balanceada. Comer grandes quantidades de carboidratos pode interferir com o balanço hormonal. Grandes quantidades do hormônio armazenador de gordura, insulina, são então produzidas.
Então o que acontece quando você come carboidratos ruins ao extremo ? Um bom exemplo é o filme “Supersize Me” (A dieta do palhaço).
Morgan Spurlock fez um experimento similar: ele comeu 5000 calorias diariamente, por 30 dias – no McDonald’s. A diferença é que essa não era uma dieta LCHF, mas HCHF (high carb, high fat – muito carboidrato, muita gordura). Havia tantas calorias “em excesso” quanto no experimento de Feltham, mas Spurlock não ganhou apenas 1.7kg. Ele ganhou assustadores 11.1kg.
Dia 1: 11% de gordura
Dia 30: 18% de gordura; dores de cabeça severas; alterações de humor; deprimido e exausto; 2x falha cardíaca; 2x falha hepática; gordura no fígado; “fissuras por comida” enormes; colesterol 230; ganhou 11.1; Pênis “inútil”
O professor Fredrik Nyström fez um estudo no qual 12 estudantes comeram demais diariamente, mas num grau menor, “apenas” poucos milhares de calorias extras a mais, sob forma de fast food rica em carboidratos. Só por adicionar essas calorias extras, eles ganharam em média 6.4kg.
Paulo Roberto, na Suécia, fez um documentário de TV similar, em outro ano. Ele comeu grandes quantidades de comida-lixo cheia de carboidratos, e ganhou 15kg em duas semanas!

Resumo

Há uma diferença entre comer demais e comer demais.
Quando se come carboidratos ruins, é fácil ganhar peso rapidamente. Você vai receber um monte de insulina no seu sangue, e armazenar gordura.
Geralmente é difícil ganhar peso em uma dieta LCHF. É ainda mais difícil comer demais, já que você geralmente tem que comer mais do que deseja. Mesmo se você empurrar goela abaixo grandes quantidades de comida LCHF, contra a sua vontade, o resultado é geralmente o que Feltham teve. É uma luta constante, e o ganho de peso vai provavelmente ser modesto.
Pessoas com sobrepeso, comendo o quanto quiserem em uma dieta LCHF vão tipicamente perder peso.
O que você acha sobre os experimentos ?

Recomendado para você: