LCHF para iniciantes

Artigo traduzido por Hilton Sousa. O original está aqui.

por Andreas Eenfeldt
Você quer comer comida de verdade (o tanto que desejar) e melhorar sua saúde e peso ? Pode soar "bom demais para ser verdade", mas LCHF (low carb, high fat - pouco carboidrato, muita gordura) é um método que tem sido usado há 150 anos. Agora, a ciência moderna lhe dá suporte com provas de que funciona.

Não é preciso pesar sua comida, nem contar calorias, nem "substituições de refeições" bizarras, nem remédios. Há apenas comida de verdade e bom senso. E toda a informação dada aqui é 100% grátis.

Introdução


Uma dieta LCHF indica que você come menos carboidratos e uma proporção maior de gordura. Ainda mais importante, você minimiza a sua ingesta de açúcares e farinhas/amido. Você pode comer outras comidas deliciosas até estar satisfeito - e ainda assim perder peso.

Um número de estudos recentes de alta qualiade mostram que LCHF torna mais fácil perder peso e controlar o açúcar do seu sangue. E isso é apenas o começo.

O básico

  • Comer: carne, peixe, ovos, legumes e verduras que crescem acima do solo e gorduras naturais (como manteiga)
  • Evitar: açúcar e comidas cheias de amido (tais como pães, massas, arroz e batatas)

Coma quando você tiver fome, até ficar satisfeito. É simples assim. Você não precisa contar calorias ou pesar a sua comida. E simplesmente esqueça produtos industralizados com pouca gordura..

Comida de verdade. Adicione alguma gordura boa (como manteiga)

Há razões científicas sólidas pelas quais LCHF funciona. Quando você evita açúcar e amidos, o açúcar no seu sangue estabiliza e os níveis de insulina, o hormônio que armazena gordura, caem. Isso aumenta a queima da sua gordura e te faz sentir mais saciado.

Nota para diabéticos


Evitar os carboidratos que aumentam a sua glicemia, diminui a sua necessidade de medicação para controlá-la. Tomar a mesma dose de insulina pré-low-carb, quando se está na dieta, pode resultar em hipoglicemia (baixa de açúcar no sangue). Você precisa testar a sua glicemia frequentemente quando estiver começando a dieta e adaptar (reduzir) a sua medicação. Isso deveria ser feito idealmente com a assistência de um édico. Se você é saudável ou diabético tratado com algum tipo de dieta ou apenas com Metformin, não há risco de hipoglicemia.


Aconselhamento nutricional


Coma tudo o que quiser:

  • Carnes: de qualquer tipo, incluindo vaca, porco, carne de caça, frango, etc. Sinta-se livre para comer a gordura nas carnes, tanto quanto a pele do frango. Se possível, escolhar comer carne "orgânica".
  • Peixes e crustáceos: de todos os tipos. Peixese gordos tais como salmão, cavala ou arenque são ótimos. Evite empanados
  • Ovos: de todos as formas. Cozidos, fritos, omeletes, etc. Dê preferência aos ovos "orgânicos"
  • Molhos naturais, com muita gordura: usar manteiga e creme de leite quando você cozinha pode tornar a sua comida mais saborosa e te fazer sentir mais saciedade. Tente molho béarnaise ou holandês, verifique os ingredientes ou faça você mesmo. Óleos de coco e oliva também são boas opções.
  • Legumes e verduras que crescem acima do solo: couve-flor, brócolis, repolho, couve, couve-de-Bruxelas. Aspargos, abobrinha italiana, berinjela, azeitonas, espinafre, cogumelos, pepino, alface, abacte, pimenta, tomates, etc.
  • Laticínios: sempre escolha produtos integrais, nada de desnatados: manteiga, creme de leite (40% de gordura), creme azedo, iogurte grego, queijos amarelos. Seja cauteloso com leite e leite desnatado, pois ambos contém um bocado de lactose (açúcar do leite). Evite produtos com sabor, adoçados e sem gordura.
  • Oleaginosas: macadâmias, avelãs, nozes, castanhas do pará, castanhas de caju, etc. Boas para comer em frente à TV (preferencialmente com moderação)
  • Frutinhas (morango, cereja, pitanga, acerola, amora, mirtilho): para comer com moderação, se você não adotar uma dieta super-restritiva ou se não for alérgico. São boas com creme batido.

Dica básica para iniciantes: máximo de 5 gramas de carboidratos (excluindo as fibras) por 100g de comida


Evite se puder

  • Açúcar: o pior de todos. Refrigerantes, balas, sucos, isotônicos, chocolates, bolos, pães, confeitos, salgadinhos, sorvete, cereal matinal. Preferencialmente, evite adoçantes também.
  • Amido: pão, massa, arroz, batata, mingau, musli e vai por aí. "Produtos integrais" são apenas menos ruins. Quantidades moderadas de raízes e tubérculos podem ser ok (a menos que você escolha ser "extremamente low carb")
  • Margarina: imitação industrial da manteiga com conteúdo artificialmente alto de gordura ômega-6. Não traz benefício nenhum para a saúde. Estatisticamente, está ligada com a asma, alergias e outras doenças inflamatórias
  • Cerveja: é pão líquido. Cheia de carboidratos rapidamente absorvidos, infelizmente.
  • Frutas: muito doces, implica em muito açúcar. Coma de vez em quando. Trate as frutas como uma forma de "balas naturais".

De vez em quando


Você decide quando é a hora certa. A sua perda de peso pode ser um pouco desacelerada.

  • Álcool: vinho seco (branco ou tinto), whisky, conhaque, vodka and cocktails sem açúcar.
  • Chocolate amargo: acima de 70% de cacau, preferencialmente em pequena quantidade.
  • Beba sempre: água, café (tente com creme de leite), chá

A teoria por trás de LCHF


O que você foi projetado para comer ?

Humanos evoluíram por milhões de anos como caçadores-coletores, sem comer grandes quantidades de carboidratos. Nós comíamos a comida disponível para nós na natureza ao caçar, pescar e coletar todos os itens comestíveis que conseguíamos encontrar. Essas comidas não incluíam amido puro sob forma de pão, massa, arroz ou batatas. Temos comido essas comidas há 5, 10 mil anos, desde o desenvolvimento da agricultura. Apenas uma adaptação limitada dos nossos genes acontece em um tempo tão relativamente curto.

Com a Revolução Industrial, 100-200 anos atrás, construímos fábricas que podiam produzir grandes quantidades de açúcar e farinha branca. Carboidratos puros, rapidamente digeridos. Mal tivemos tempo para nos adaptar geneticamente a tais comidas processadas.

Nos anos 1980, o medo da gordura capturou o mundo ocidental. Produtos com pouca gordura apareceram para todo lado. Mas se você come menos gordura, você precisa comer mais carboidratos para se sentir saciado. E foi nesse momento da história que nossas epidemias desastrosas de obesidade e diabetes começaram. Sendo o país mais apavorado com a gordura no mundo, os EUA foram os mais duramente atingididos e hoje são o país mais obeso do planeta.

Hoje, está claro que o medo da comida de verdade com níveis de gordura naturais, foi um grande erro.

O problema com o açúcar e o amido

Todos os carboidratos digeríveis são quebrados em açúcares simples nos intestinos. O açúcar é então absorvido para o sangue, aumentando o nível de glicose no sangue. Isso aumenta a produção de insulina, nosso hormônio armazenador de gordura.

Carboidratos aumentam a liberação de insulina
Falta de comida (especialmente carboidratos) diminui a insulina

A insulina é produzida no pâncreas (ilustrado à direita). Em grandes quantidades, a insulina impede a queima de gordura e armazena o excesso de nutrientes nas células de gordura. Após algum tempo (poucas horas ou menos) isso pode resultar em uma falta de nutrientes no sangue, criando sensação de fome e desejo incontrolável por algo doce. Geralmente nesse ponto, as pessoas comem de novo. Isso começa o processo novamente: um ciclo vicioso levando ao ganho de peso.

Por outro lado, uma ingesta baixa de carboidratos te dá um nível mais baixo e estável de glicose no sangue, e menores quantidades de insulina. Isso aumenta a liberação da gordura dos seus estoques e aumenta a queima - levando geralmente à perda de gordura especialmente na região abdominal, em indivíduos obesos
On the other hand, a low intake .

Perda de peso sem fome

Uma dieta LCHF torma mais fácil para o corpo usar suas reservas de gordura, já que a sua liberação não é mais bloqueada pelos níveis de insulina. Essa pode ser uma razão pela qual comer gordura dá uma sensação de saciedade mais duradoura do que os carboidratos. O fato já foi demonstrado em alguns estudos: quando as pessoas comem tudo o que quiserem em uma dieta low carb, a quantidade de calorias ingeridas tipicamente diminui.

Então, contagem ou pesagem da comida é desnecessária. Você pod esquecer sobre as calorias e confiar nas suas sensações de fome e saciedade. A maioria das pessoas não precisam contar ou pesar sua comida mais do que precisam contar suas expirações e inspirações. Se você não acredita, tente por algumas semanas e veja por si mesmo.

Saúde como bônus

Nenhum animal na natureza precisa da assistência de experts em nutrição ou gráficos de caloria para comer. E ainda assim, enquanto eles comem a comida que evoluíram para comer, eles permanecem em um peso normal e evitam cáries, diabetes e doença cardíaca. Por que os humanos seriam exceção ? Por que você seria exceção ?

Em estudos científicos, não apenas o peso melhora em uma dieta low carb - a pressão sanguínea, glicemia e indicadores de colesterol (HDL, triglicérides) também melhoram. Um estômago calmo e menos impulsos por comidas doces também são experiências comuns.

Efeitos colaterais iniciais

Se você pára de comer açúcar e amidos abruptamente (recomendado), você pode sentir alguns efeitos colaterais enquanto seu corpo se adapta. Para a maioria das pessoas os efeitos tendem a ser suaves e duram apenas alguns dias. Há também maneiras de minimizá-los.

Comuns durante a primeira semana:

  • Dor de cabeça
  • Fadiga
  • Tonteira
  • Palpitações
  • Irritabilidade


Os efeitos colaterais rapidamente desaparecem à medida que seu corpo se adapta e a sua queima de gordura aumenta. Eles podem ser minimizados bebendo mais líquidos e aumentando temporariamente a sua ingesta de sal. Uma boa opção é tomar um caldo a cada poucas horas. Ou então beba alguns copos d'água a mais e ponha mais sal na sua comida.

A razão para isso é que comidas ricas em carboidratos aumentam a retenção de água no seu corpo. Quando você para de comer comida com muito carboidrato, você vai perder o excesso de água através dos rins. Isso pode resultar em desidratação e falta de sal durante a primeira semana, antes de o corpo se adaptar.

Algumas pessoas preferem diminuir sua ingesta de carboidratos lentamente, ao longo de algumas semanas, para minimizar os efeitos. Mas o "jeito Nike" (N.T.:"Just do it" - faça de uma vez) provavelmente é a melhor escolha para a maioria das pessoas. Remover a maior parte do açúcar e do amido geralmente resulta na perda de alguns kg na balança dentro de poucos dias. A maioria pode ser de líquidos, mas faz muito bem para a motivação.

Quão pouco (carboidrato) comer?

Quanto menos carboidratos você comer, mais pronunciado será o efeito no seu peso e na sua glicemia. Eu recomendo seguir as indicações nutricionais o mais fielmente que puder. Quando estiver feliz com seu peso e saúde, você pode gradualmente tentar comer mais liberalmente (se quiser).

A revolução alimentar

Apresentação feita por mim no Simpósio de Saúde Ancestral 2011, sumarizando a história e a ciência por trás da revolução LCHF

Mais teoria e prática

Aqui, quatro dos maiores especialistas mundiais no assunto explicam a teoria e a prática da restrição de carboidratos (vídeos em inglês):

Dicas e receitas



Sugestões para o desjejum

  • Ovos com bacon
  • Omelete
  • Restos do jantar da noite anterior
  • Café com creme
  • Atum enlatado com ovos cozidos
  • Ovos cozidos com maionese ou manteiga
  • Abacate, salmão e creme de leite
  • Sanduíche no pão sem farinha 
  • Um pedaço muito fino de pão duro com bastante manteiga, queijo, presunto, etc
  • Queijo com manteiga
  • Ovos cozidos amassados com manteiga, cebolinhas picadas, sal e pimenta
  • Um pedaço de queijo brie com presunto ou salaminho
  • Iogurte integral com nozes e sementes (e talvez, frutas vermelhas)

Almoço e jantar

  • Pratos com carne, peixe ou frango com verduras, legumes e molho rico em gordura. Há muitas alternativas ao purê de batatas, como por exemplo purê de couve-flor. 
  • Cozidos, sopas ou cassarolas com ingredientes low carb. 
  • Você pode usar a maioria das receitas em livros, se evitar os ingredientes ricos em carboidratos. É uma boa idéia adicionar gordura (manteiga, creme de leite) à receita. 
  • Beba água com sua refeição ou (ocasionalmente) uma taça de vinho.

Lanches

Quando você come uma dieta de baixo carboidrato com mais gordura e um pouco mais de proteína, você provavelmente não vai precisar comer tão frequentemente. Não se surpreenda se você não precisar mais fazer lanches. Muitas pessoas se dão bem com 2 ou 3 refeições por dia. Se você precisar de lanches:
  • Fatias de queijo e presunto enroladas com algum legume (algumas pessoas comem queijo com manteiga) 
  • Azeitonas
  • Oleaginosas (macadâmias, nozes, avelãs, castanhas de caju, etc)
  • Um pedaço de queijo
  • Um ovo cozido, guardado na geladeira 
  • Atum enlatado 

Azeitonas e oleaginosas podem substituir os chips de batatas na frente da TV. Se você sempre fica com fome entre refeições, você provavelmente não está comendo gordura suficiente. Não tenha medo da gordura. Coma mais gordura até se sentir satisfeito.


Jantando fora ou refeições com amigos 


  • Restaurantes: geralmente não são grande provlema. Você pode pedir para substituir as batatas por salada. Em pratos de carne, peça manteiga extra. 
  • Fast food: Kebab pode ser uma opção decente (de preferência, evite o pão). Nas redes de hamburguer, os bifes de hamburguer são geralmente a opção menos pior. Evite refrigerantes e batatas fritas, obviamente. Beba água. Recheios de pizza geralmente são ok, e quanto mais estrito você for, menor será a quantidade da massa que você irá comer. 
  • Se você comer estritamente no dia-a-dia, não será um problema abrir algumas exceções quando for convidado para comer fora. Se você não tem certeza do que será servido, pode comer algo em casa antes de sair. 
  • Oleaginosas e queijos são boas "comidas de emergência" para quando não há outras opções adequadas disponíveis

Lista de compras para iniciantes


Imprima essa lista e leve para a padaria/supermercado/sacolão:
  • Manteiga
  • Creme de leite (40% de gordura) 
  • Creme azedo (34% de gordura)
  • Ovos
  • Bacon
  • Carne (moída, bifes, cubos, filés, etc)
  • Peixe (preferencialmente peixe gordo como salmão e cavala)
  • Queijo (preferencialmente com muita gordura)
  • Iogurte grevo (10% de gordura)
  • Repolho, couve-flor, brócolis, couve-de-bruxelas
  • Outros vegetais que cresçam acima do solo
  • Vegetais congelados
  • Abacates
  • Azeitonas
  • Azeite de oliva
  • Oleaginosas

Limpe a sua despensa!


Quer maximizar suas chances de sucesso ? Especialmente se você tiver dificuldades com impulsos e vício em açúcar, é prudente jogar fora (ou doar) alimentos açucarados, ricos em amido, produtos "light", etc. Estão incluídos:
  • Balas
  • "Chips"
  • Refrigerantes e sucos
  • Margarinas
  • Açúcar em todas as formas
  • Pão
  • Massa
  • Arroz
  • Batatas
  • Cereis matinais
  • Tudo o que diz "pouca gordura" ou "sem gordura"
  • Sorvete
  • Biscoitos

Por que não fazer isso agora ?


A serpente no paraíso


Seja bastante cético com produtos "low-carb" tais como macarrão ou chocolate. Infelizmente, esses produtos geralmente são lixo. Eles tem evitado a perda de peso de muitas pessoas, e via de regra são cheios de carboidratos quando você consegue enxergar além do marketing criativo

Por exemplo, o "macarrão de baixo carboidrato" da Dreamfileds é praticamente amido puro, e é absorvido mais ou menos da mesma maneira que qualquer outro macarrão: 


Que tal o pão de baixo carboidrato ? Seja cuidadoso: se ele contém grãos, certamente não é de baixo carboidrato. Mas algumas companhias ainda tentam vendê-lo a você como uma opção low carb. Aqui está um exemplo:


Chocoloate de baixo carboidrato é geralmente cheio de polióis ("açúcares de álcool": xilitol, maltitol, etc), que o fabricante não conta como carboidratos. Mas a grosso modo, metade desses carboidratos pode ser absorvida, aumentando a glicemia e a insulina. O resto desses carbs acaba no intestino grosso, potencialmente causando gás e diarréia. Além disso, quaisquer adoçantes podem manter vivos os impulsos por comer açúcar.

Se você quer ser saudável e magro, coma comida de verdade ao invés.


Receitas


Maneiras fáceis de se preparar ovos:

  1. Ponha os ovos na água fria, e espere ferver. Deixe 4 minutos para ter ovos moles, ou 8 minutos para ter ovos duros. Coma-os com maionese (mas leia os ingredientes antes para ter certeza se presta!) se quiser. 
  2. Frite os ovos na manteiga em 1 ou nos 2 lados. Tempere com sal e pimenta. 
  3. Derreta manteiga numa frigideira e adicione 2 ovos 2-3 colheres de creme de leite. Acrescente sal e pimenta. Mexa até ficar pronto. Coloque cebolinhas e queijo ralado em cima. Sirva com bacon frito. 
  4. Faça um omelete com 3 ovos e 3 colheres de creme. Adicione sal e temperos. Derreta manteiga na frigideira e jogue a mistura por cima. Quando o omelete se solidificar, você pode cobrir com coisas saborosas. Por exemplo, um ou vários tipos de queijo, bacon e cogumelos fritos, boas linguiças (leia os ingredientes!) ou mesmo restos do jantar da noite anterior. Dobre o omelete ao meio e sirva com uma salada. 


Ao invés de pão


Vai ser difícil para você abrir mão do pão ? Ooopsies são uma boa opção. É um "pão" sem carboidratos e que pode ser comido de várias formas.

Oopsies
(rende 6 a 8, dependendo do tamanho)


  • 3 ovos
  • 100g de cream cheese
  • pitada de sal
  • ½ colher de chá de cascas de psyllium ou chia (opcional)
  • ½ colher de chá de fermento químico (opcional) 
  • Separe as claras das gemas
  • Bata as claras com sal até ter ponto de neve. Você deve ser capaz de virar a vasilha de cabeça para baixo sem as claras se moverem. 
  • Misture bem as gemas e o cream cheese. Sequiser, adicione o psyllium/chia/fermento (isso deixa o oopsie com mais "cara de pão")
  • Misture gentilmente as claras com a mistura de gemas e cream cheese - tente manter o ar nas claras
  • Coloque 6 porções grandes ou 8 pequenas numa assadeira
  • Asse no meio do forno a 150°C por cerca de 25 minutos - até eles ficarem dourados 
  • Você pode comer oopsies como pão ou usá-los para fazer sanduíches. Você pode ainda colocar tipos de sementes diferentes neles antes de assá-los - por exemplo: papoula, gergelim ou girassol. Um oopsie grande pode ser usado para fazer um enrolado suíço: adicione uma generosa camada de creme batido e algumas frutas vermelhas. Aproveite!

Menos estrito: algum pão. Não pode viver sem pão de verdade ? Então coma uma fatia de pão fina e muita manteiga e cobertura. Quanto mais manteiga e complementos, menos pão você vai precisar para se sentir saciado.


Ao invés de batatas, arroz, massas
  • Purê de couve-flor: pique a couve-flor em pedacinhos e cozinhe-os com uma pitada de sal, até ficarem macios. Remova a água. Adicion creme de leite, manteiga, e amasse.
  • Saladas feitas de vegetais que crescem acima do solo, talvez com algum tipo de queijo. Experimente tipos diferentes
  • Brócolis, couve-flor ou couve-de-bruxelas cozidas
  • Vegetais gratinados: frite-os na manteiga. Adicione sal e pimenta. Ponha num refratário e adicione queijo ralado. Aqueça a 225°C, até o queijo derreter e dourar
  • Vegetais cozidos, com creme. Por exemplo, repolho ou espinafre
  • "Arroz de couve-flor": rale a couve flor, ferva por 1 ou 2 minutos. Grande substituto para o arroz
  • Abacate


Lanches e sobremesas


  • Oleaginosas variadas: macadâmias, castanhas-do-pará, avelãs, nozes...
  • Embutidos: corte em pedaços, e prenda um pedaço de queijo com um palito de dentes 
  • Vegetais com molho: experimente "palitinhos" de pepino, pimentões (verdes, vermelhos e amarelos), couve-flor, etc. 
  • Rolinhos de cream cheese: enrole cream-cheese em fatias finas de salame, presunto ou longas tiras de pepino. 
  • Azeitonas 
  • Chips LCHF: em uma assadeira, forme pequenos montes de parmesão ralado. Aqueça no forno a 225°C. Deixe-os derreter e adquirir uma bela cor (tome cuidado - eles se queimam facilmente). Sirva como chips, talvez com algum molho.

110 comentários

Click here for comentários
Giseli Ramos
admin
7 de novembro de 2013 14:44 ×

Ei, como é esse negócio de assar queijo parmesão? Se ralar e assar o monte, não fica tudo meio grudado? Quanto tempo você costuma colocar?

Reply
avatar
Teimosia
admin
7 de novembro de 2013 15:24 ×

A idéia é fazer mesmo um montinho até que ele derreta e vire uma espécie de torrada, todos os pedacinhos derretidos/grudados. Eu já fiz com fatias de provolone de mais ou menos 0.5cm. Coloque para assar por uns 10-15 minutos, e vá monitorando no finalzinho para que não se queimem. Fiz um patê para acompanhar também: http://paleodiario.blogspot.com.br/2013/10/pate-de-alho-poro-com-curry.html

Reply
avatar
Bethania
admin
7 de novembro de 2013 19:52 ×

Muito bom o "resumao". Acabei de mandar pra minha mae que esta querendo iniciar o estilo de vida paleo/ low carb. Grande utilidade. OBrigada!!

Reply
avatar
Josi
admin
17 de dezembro de 2013 11:59 ×

Muito obrigada :)
Amei o blog, e amo esse estilo de vida.
O bem estar é imenso :)

Reply
avatar
Edna Reis
admin
30 de janeiro de 2014 18:58 ×

amei todas essa dicas, estou adotando o life style lowcarb e adorando os resultados principalmente o bem estar, bebo mais de 3 litros de agua por dia, isso e incrivel! #feliz

Reply
avatar
Mike Hotel
admin
1 de fevereiro de 2014 13:07 ×

Dúvida: queijo coalho ou queijo amarelo? Qual você indicaria?

Reply
avatar
Teimosia
admin
1 de fevereiro de 2014 17:37 ×

Os dois :-)

Mas se pudesse escolher um, escolheria o amarelo.

Reply
avatar
Rafaela
admin
11 de fevereiro de 2014 19:47 ×

Não pode arroz integral, aipim, batata inglesa e baroa de jeito nenhum? Se sim qual a quantidade diária?

Reply
avatar
Teimosia
admin
11 de fevereiro de 2014 20:41 ×

Olá, Rafaela

"De jeito nenhum" é uma expressão muito forte. Cada pessoa tem os seus limites quanto ao consumo de carboidrato, tanto para baixo quanto para cima.

Eu nunca deixei de comer aipim, batata-doce nem inhame - e emagreci 15kg...

Dê uma lida nos dois abaixo:

http://www.paleodiario.com/2014/02/carboidratos-gentis-para-gaba-cortisol.html

http://www.paleodiario.com/2014/01/quanto-de-carboidrato-voce-deveria.html

http://www.paleodiario.com/2013/10/a-curva-de-carboidratos-do-primal.html

Reply
avatar
Teimosia
admin
14 de fevereiro de 2014 22:18 ×

Alex, a menos que você seja intolerante, eu não vejo problema. Só não vá comer 1kg de tomate por dia... Eu nunca restringi, e não me atrapalhou em nada.

Reply
avatar
15 de fevereiro de 2014 08:54 ×

1 Kg de tomate !!! rsrsrs.... não, não sou tomatólatra.

Só gosto de comer tomates na salada....
Obrigado.

Reply
avatar
15 de fevereiro de 2014 12:54 ×

Olá Hilton, tenho tentado começar a LCHF aos poucos para a adaptação. Levo uma vida um tanto estressada e às vezes me sinto bem desanimada. Uma amiga me indicou tomar Maca Peruana. É um remédio natural proveniente de um tuberculo (maca) que diz possuir 57% de carboidrato em sua composição. Será que este medicamente pode interferir no meu emagrecimento? Tenho sentido bastante disposição com ele.

Reply
avatar
Teimosia
admin
16 de fevereiro de 2014 13:36 ×

Belinha, pense em massa total de carboidratos... Cada capsula do seu medicamento pesa quantos gramas ? Certamente não vai ser 1 ou 2g por dia que vai influenciar na sua perda de peso...

Reply
avatar
JULIANO
admin
27 de fevereiro de 2014 10:34 ×

OLÁ. Iniciei minha dieta sem carbo e açúcar. Minha meta é grande. Na primeira semana perdi 5kg. Na segunda estabilizei. Tenho caminhado. O que diferenciou a primeira semana da segunda foi a introdução de mais vegetais folhosos e yakisoba sem massa. Deveria eu voltar exclusivamente para as proteínas?

Reply
avatar
Teimosia
admin
27 de fevereiro de 2014 10:52 ×

Juliano, LCHF não é baseada em proteínas. Como o nome diz, "pouco carboidrato e MUITA GORDURA". Abandone as gorduras vegetais industrializados (margarina, óleos de soja, milho, canola, girassol, etc) e concentre-se nas gorduras naturais boas: manteiga, banha, creme de leite, azeite de oliva, carnes e peixes gordos, pele de frango, bacon, óleo de coco, azeite de dendê...

Força aí!

Reply
avatar
Pamela
admin
28 de fevereiro de 2014 14:07 ×

Uau, não tinha lido esse post ainda e adorei! Sempre gostei de fazer couve-flor gratinada com creme de leite e queijos, e percebi que poderei comer tranquilamente, que incrível! rs

Algumas dúvidas: sobre a lactose, li em algum lugar que os queijos amarelos são os mais indicados na LCHF pq contém bem menos lactose que os queijos brancos, é isso mesmo?
Sobre os cremes de leite: é difícil (pelo menos aqui em SP) achar creme de leite fresco com 40% de gordura, geralmente as garrafas vem com no máximo 35%. Ainda sim é indicado? Pelo que entendi resumidamente do post, quanto mais gordura no que se trata de derivados do leite, melhor, pois a concentração de lactose diminui, é isso?

Eu gosto bastante de iogurte grego, porém os do supermercado já vem adoçados, então evito a compra, mas confesso que adoraria poder comer, especialmente com frutas vermelhas. Você recomenda fazer alguma receita caseira?

Obrigada :)

Reply
avatar
Teimosia
admin
28 de fevereiro de 2014 15:00 ×

Olá, Pamela

Na média, se você não for intolerante à lactose, não há motivos para deixar de comer laticínios: http://www.paleodiario.com/2013/12/voce-devia-comer-laticinios-integrais.html

Os queijos amarelos tem mais gordura que os brancos, então são mais indicados para nós.

Particularmente, eu só deixei de comer queijo durante um período em que estava testando se tinha intolerância (não tenho, felizmente). Fora disso, comi todos os queijos que achei, sem stress.

Iogurte grego caseiro, faça usando essa receita aqui: http://cybercook.com.br/receita-de-receita-de-iogurte-grego-caseiro-r-7-109743.html

Atenciosamente,
Hilton

Reply
avatar
Super DIETA
admin
3 de abril de 2014 18:13 ×

Boa noite, gostaria de saber se pode consumir feijão sem prejudicar a dieta?

Reply
avatar
Teimosia
admin
3 de abril de 2014 18:28 ×

As leguminosas (feijão, soja, lentilha, ervilha, amendoim, grão de bico, etc) são pobres em carboidratos e ricas em proteínas. Olhando por esse lado, elas interferem pouco com a insulina e com a dieta.

A questão é que, apesar de serem pobres em carboidratos, elas contém anti-nutrientes (fitatos, lectinas, etc) que podem irritar o seu trato intestinal (mesmo que você não apresente sintomas).

As sementes não "querem" ser comidas pelos animais, e usam essas substâncias como "armas químicas". Praticamente toda leguminosa precisa passar por algum tipo de preparo antes de poder ser consumida (deixar de molho, cozinhar, etc), exatamente para minimizar a quantidade desses "veneninhos"...

Eu sou estrito, e não como leguminosas. Você pode fazer o teste em si, comer por alguns dias e ver se funciona. Se não tiver problemas, e te deixar feliz, que mal faz ?

Reply
avatar
Super DIETA
admin
3 de abril de 2014 20:59 ×

Posso fazer consumo de queijo gorgonzola, copa, salaminho? Pois estes são muito ricos em sódio. Refrigerante diet ou light, pode?

Reply
avatar
Teimosia
admin
7 de maio de 2014 15:07 ×

Eu tenho restringido a minha ingestão de carnes embutidas, pelo alto teor de sódio e de conservantes. Só como beeeeem de vez em quando.

Quanto aos queijos, se você não for intolerante a laticínios, não vejo problema. Só não vá comer toneladas de uma vez :-)

Reply
avatar
9 de junho de 2014 11:14 ×

Olá, Adoro o Blog e tem me ajudado bastante. Estou adorando esta alimentação, este novo conceito.
Tenho feito em casa e inclui minha filha de 13 anos, que esta gostando bastante, mas minha preocupação é a idade dela, tenho tentado deixar o carboidrato dela por volta de 100 a 150gr. O que vc Acha? pode me ajudar em algo mais?
Agradeço.
Noemi leonardo

Reply
avatar
Teimosia
admin
9 de junho de 2014 11:16 ×

Olá, Noemi

Lembre-se que para mulheres jovens, restringir carboidratos demais pode não fazer bem:

http://www.paleodiario.com/2014/02/carboidratos-gentis-para-gaba-cortisol.html
http://www.paleodiario.com/2014/04/a-fisiologia-da-perda-de-peso-para.html
http://www.paleodiario.com/2014/04/a-fisiologia-da-perda-de-peso-para_23.html

Reply
avatar
Marcolito48
admin
17 de junho de 2014 00:05 ×

Olá, tenho uma duvida:
Geralmente eu almoço uns 4 bifes (frango ou bovino) e quando tenho em casa, boto um queijo em cima pra ficar com um pouco mais de gordura. Frito os bifes na banha.
Como deve ficar essa proporção de carne e gordura? (Tem vezes que como só carne, sou bastante carnívoro heheh)

Reply
avatar
Teimosia
admin
17 de junho de 2014 08:31 ×

A proporção varia de pessoa para pessoa... O Dr. Loren Cordain, por exemplo, que criou o termo "dieta paleo", é a favor de carnes mais magras e gorduras boas vindas de plantas (azeite de oliva, dendê, abacate, coco, etc).

Mas não precisa ter medo da gordura saturada das carnes, é claro!

Eu costumo comer 50% de gordura, 40% de proteína e 10% de carboidratos por dia. Mas a medição é feita "no olho".

Importante:
1) coma até ficar cheio
2) gordura é muito bom e tal, mas NÃO SE ESQUEÇA DE COMER PLANTAS. Viver só com as carnes que comemos normalmente (filé, picanha, bacon, lombo, cupim, vazio, etc) vai deixar faltar vitaminas. Comece a comer miúdos também (miolo, rim, fígado, bucho, etc), ou então capriche na salada também.

Reply
avatar
Marcolito48
admin
17 de junho de 2014 09:35 ×

Eu já tentei comer miúdos, fígado principalmente, mas não desce, hehehe.
Então o que falta pra mim é saladas mesmo. Quando eu faço, geralmente como cebola e tomate com vinagre e azeite ou brócolis/couve-flor cozido, que são as saladas que mais gosto. Isso seria suficiente?

Reply
avatar
Teimosia
admin
17 de junho de 2014 09:57 ×

Eu diria que é pouca salada...

Mais folhas são sempre bem-vindas, principalmente as verde-escuras (couve, espinafre, etc). Acrescente umas cenouras e beterrabas de vez em quando. Chuchu, abobrinha, etc.

Lembre-se que é tudo questão de hábito: muita gente, antes de começar, acha que NUNCA será capaz de viver sem pão e macarrão... Todos esses gostos são adquiridos.

Eu não comia saladas até os 18 anos, mas hoje eu não abro mão delas...

Reply
avatar
Marcolito48
admin
17 de junho de 2014 10:57 ×

Certo, vou tentar comer mais saladas a partir de agora, muito obrigado pelos esclarecimentos!

Reply
avatar
manda_ver
admin
20 de julho de 2014 17:50 ×

amigo eu estou bem pesado e estava fazendo uma dieta que perdi até bem peso, só que também tenho câncer e cheguei nesse seu blog(muito bom por sinal) através de algumas horas pesquisando e vi que essa dieta une duas coisas que preciso: perder peso e lutar contra o câncer, então me fala quanto você acredita que se perde de peso numa dieta como essa? eu peso 121kg abraços

Reply
avatar
Teimosia
admin
20 de julho de 2014 21:44 ×

A média de perda de peso é de 4kg por mês. Mas nos primeiros dias, a perda é muito rápida. Na minha primeira semana, eu perdi 2kg. Um amigo perdeu 6kg. Outro perdeu 12kg no primeiro mês... O peso vai caindo até estabilizar: chega num ponto em que o seu corpo "entende" que não precisa mais se livrar da gordura, e o emagrecimento pára naturalmente.

Dê uma passeada pelos "casos de sucesso", e você vai ver muitos relatos de pessoas que mudaram suas vidas comendo comida de verdade.

Boa sorte com a sua luta! Leia muito, compreenda a teoria por trás da prática, e mãos-à-obra!

Reply
avatar
manda_ver
admin
21 de julho de 2014 16:12 ×

amigão muuuuuito obrigado mesmo pela força, seu blog é a primeira pagina do meu navegador agora toda hora vou vir aqui, e ja dei inicio a minha dieta, hoje mesmo ja fui comprar, presunto, ovos, peito de frango e repolho e como faço jiu-jitsu e pratico academia (isso pra ajudar a perder ) acho que vou ter bons resultados... agora uma ultima pergunta qu eeu não achei uma resposta muito boa por ai, COCA COLA ZERO CALORIAS pode? ela informa que não tem carbo, açucar nada o que tu me indica?

Reply
avatar
Teimosia
admin
21 de julho de 2014 16:38 ×

Primeiramente, parabéns pelo primeiro passo!

Presunto não é algo que recomendo não... Até como, mas MUITO de vez em quando. Ele é cheio de açúcar e conservantes.

Escolha carnes um pouco mais gordas que peito de frango, que vão te sustentar. Compre acém, músculo, peito de boi, e faça cozido na pressão. São mais gostosos e vão te manter satisfeito por mais tempo.

Em termos de carboidrato, a Coca Zero não é problema. Mas lembre-se que ela continua sendo cheia de corantes e outras porcarias cancerígenas. Se for te fazer muita falta ou te fazer sofrer, tome. Senão, troque por água com gás (foi uma das melhores coisas que fiz na vida, trocar refri por água com gás - a gente percebe que o que faz a diferença não é o gosto do refri, e sim o gás!)

Reply
avatar
Carla Santos
admin
24 de julho de 2014 18:13 ×

Ola comecei a low carb há 4 dias! Vc disse em um comentário quie depois que o corpo acostuma com a gordura o peso estabiliza?! Preciso perder 25 kg sei que mulher tem dificuldades para perder! Estava na dieta normal comendo de 3 em 3 horas (passando fome) isso pode me atrapalhar? porque estava em outra dieta? Comprei leite de coco de garrafinha da Sococo, v que não é muito recomendado pelo carbo né? Outra coisa minha filha de 9 anos não gosta de arroz e feijão e ta comendo um pouco low carb pode prejudicá-la? Obrigada!

Reply
avatar
Teimosia
admin
24 de julho de 2014 22:23 ×

Olá, Carla

O seu peso vai estabilizar depois que o corpo perder toda a gordura que ele ACHA que deve perder. É isso que muitas vezes as pessoas não entendem: a dieta paleo vai te dar o peso que o seu corpo quer ter. Se você era magra por volta dos 20 anos, o seu peso final vai ser aproximadamente esse. Não há motivo fisiológico para ganharmos peso depois que chegamos à idade adulta (exceto se você ganhou músculos, é claro). Se você come comida de verdade, o seu peso tende automaticamente a voltar ao que era nessa época. Eu tenho hoje o mesmo peso que tinha aos 18 anos (e já tenho 38).

Sobre o leite de coco: a menos que você tome LITROS, não é isso que vai te atrapalhar. Eu também uso nas minhas receitas, e não tem problema nenhum.

Sobre paleo para crianças: http://www.paleodiario.com/2014/07/paleo-e-adequada-para-criancas.html

A melhor coisa que podemos dar a nossos filhos é a educação. E educá-los sobre o que é comida de verdade é um enorme passo!

Reply
avatar
manda_ver
admin
25 de julho de 2014 11:00 ×

olhaaa eu novamenteeeeeeeeee kkkkkkk raaapaz comecei a dieta no dia 21 como te falei por aqui nos comentários, estava com 124 e achei que estava com 121, ai quando fui comprar as coisas me pesei (124) ta mesmo assim comecei a dieta e tudo mais, resumindo fui me pesar ontem estou com 120.3 ou seja ta funcionando...
minha dieta esta sendo a base de :
queijo manteiga
queijo prato
carne de frango(sobrecoxa com pele)
óleo (0carb.)
carne de boi
linguiça toscana (zero carb)
presunto cozido(1,0 carb/ 100gr)
repolho
cebola
ovos
e paixes

e ai man o que me diz? estou indo bem? com a dieta assim eu já estou em cetose ?
estou nela a 5 dias
e antes de tudo obrigao

Reply
avatar
Teimosia
admin
25 de julho de 2014 11:23 ×

Vamos por partes...

1) Em 5 dias, provavelmente o que você perdeu de peso foi água e glicogênio. A queima de gordura vai acontecer, e a velocidade da perda tende a diminuir com o tempo. Não desanime!
2) Estou sentido falta de legumes e verduras na sua comida. Alface, espinafre, couve, couve-flor, abobrinha, chuchu... No longo prazo, viver "só" de carne não é bom não.
3) Se puder, evite os embutidos (presunto e linguiça). Mesmo tendo pouco carb, eles tem conservantes que são cancerígenos. Coma só de vez em quando...
4) Qual é o "óleo" que você está usando ?
5) O único jeito de saber se está em cetose ou não, é com exame de sangue ou de urina... E de qualquer maneira, você NÃO precisa estar em cetose para perder peso.

Reply
avatar
Graziella
admin
7 de agosto de 2014 15:49 ×

Oi, comecei a minha dieta low carb hoje e confesso que não fiquei com fome, o que era meu maior receio, a única coisa chata é a dor de cabeça que me acompanha o dia todo e, pelo que li no blog é normal....enfim, adorei o blog porque abriu a minha mente sobre o que comer, para assim, não enjoar do que podemos comer ;)

Reply
avatar
Teimosia
admin
7 de agosto de 2014 15:52 ×

Olá, Graziella. Essa dor de cabeça é normal. Em mim, durou 2 dias - mas sei de gente que ficou assim por 2 semanas... Não desanime!

E dê uma lida aqui: http://www.paleodiario.com/2014/02/a-gripe-low-carb.html

Reply
avatar
efa
admin
22 de agosto de 2014 22:08 ×

Olá! Estou começando aos poucos a Low-Carb e vou comprar coxa e sobrecoxa que é mais em conta. Posso fritá-las com óleo de coco ou na manteiga?

Reply
avatar
Teimosia
admin
23 de agosto de 2014 00:00 ×

Sim. E também no dendê, ou na banha...

Reply
avatar
Amanda
admin
10 de setembro de 2014 07:28 ×

Olá li todo o post e comentarios mas ainda fiquei na duvida
Preciso perder 12 kilos e gostaria de saber sobre cream cheese, salame, parmesao ralado, queijos, presunto e leite de coco, pode ser consumido normalmente nessa fase de perda de peso? grata!

Reply
avatar
Teimosia
admin
10 de setembro de 2014 09:08 ×

Olá, Amanda

Dieta paleo não tem "fase de perda de peso". Você simplesmente deixa de comer comida-lixo, e começa a comer comida de verdade :-)

É bem verdade que algumas comidas de verdade são um pouco mais ricas em carboidratos, e precisam ser consumidas com moderação, mas a regra geral é simples.

Vamos às suas dúvidas:

Cream cheese: um pouquinho não vai te atrapalhar. Confira na embalagem a quantidade de carboidratos por porção (e veja qual é o tamanho da porção)

Presunto, salame: carnes embutidas não são comida de verdade. Eu como esporadicamente, se não tiver mais nada disponível (por exemplo, estou na rua e as lanchonentes só tem misto quente. Aí eu compro presunto e queijo, faço enroladinhos e como)

Queijos: escolha os mais gordos, e não coma demais.

Leite de coco: novamente, fique de olho nos carboidratos. Algumas marcas acrescentam amido para "engrossar", então pode ser enganador. Via de regra, eu tomo - mas nunca tomo muito.

Finalmente, lembre-se de que quem decide o quanto vai perder é o seu corpo, e não a sua mente. Via de regra, se você não tinha sobrepeso aos 18-20 anos, é nesse peso que você vai chegar. Tenha expectativas realistas!

Reply
avatar
10 de setembro de 2014 15:04 ×

Como muitos ovos por dia,tem alguma restrição?

Reply
avatar
Teimosia
admin
10 de setembro de 2014 16:25 ×

Estudos recentes mostram que o consumo de ovos está inversamente ligado ao de doença cardiovascular.

Particularmente, eu tenho comido em média 2 ovos por dia há 1 ano e meio, e meus exames de sangue melhoraram...

Reply
avatar
Amanda
admin
11 de setembro de 2014 05:12 ×

Muito obrigada!
Que dedicação e rapidez nas resposta além de muito esclarecedor!
Moro no japão e ler rótulos por aqui é complicado já que eles ñ tem uma lei que obriga a colocar tudo no rótulo, mas vou tentar me adaptar nesse estilo de vida e com certeza passarei muito mais por esse blog!
Obrigada!

Reply
avatar
15 de setembro de 2014 16:33 ×

Como estou no início,vivo caindo em tentação,principalmente com a cerveja!!!
No outro dia,fico mal,com muitos enjoos e dor de cabeça,coisa que eu não sentia.É normal?

Reply
avatar
Teimosia
admin
15 de setembro de 2014 17:31 ×

Acredito que sim. A resistência ao álcool baixa, e você ainda joga um tanto de carboidratos em cima. Dor de cabeça na certa (e às vezes, diarréia).

Reply
avatar
16 de setembro de 2014 14:24 ×

Boa tarde. Adorei o blog e todas as valiosas informações. Mas me restou uma dúvida com relação à cebola e ao alho. Como ambos crescem abaixo do solo, devem ser suprimidos da dieta lowcarb-paleo? Adoro usar cebola e alho, principalmente no preparo de carnes, frangos, etc. Obrigada pela orientação.

Reply
avatar
16 de setembro de 2014 17:53 ×

Vc faz jejum intermitente? Como funciona? Já li alguns artigos mais não entendi direito o porque da queima a mais do metabolismo.Pode tirar minha dúvida?

Reply
avatar
Teimosia
admin
16 de setembro de 2014 18:24 ×

Pode comer sem medo!

Reply
avatar
17 de setembro de 2014 01:59 ×

Oi.adorei as informações. Adotei essa dieta a 3 dias,e lendo seu blog percebi que tenho feito algumas coisas erradas como comer queijo frescal,ricota Light,frutas,arroz integral.
Limitei minha ingestão de carboidratos a 100 gramas.Minha meta é perder 4 a 5 kg.
Minha maior dúvida é comendo só gordura nosso organismo fica saudável? E depois que alcançar meu objetivo é voltar a comer carboidrato será que acontece o efeito zanfora. Lembrando que sempre fui magra depois da gravidez que nunca consegui eliminar a gordura abdominal. Hj sou uma magra barriguda.
Obrigada

Reply
avatar
Teimosia
admin
17 de setembro de 2014 08:03 ×

Olá, Elisa.

Tem muito material sobre JI no blog: http://www.paleodiario.com/search/label/jejum%20intermitente

Reply
avatar
Teimosia
admin
17 de setembro de 2014 08:16 ×

Elaine, coisas light não são boas para você :-)
Não precisa dispensar completamente o arroz (para mulheres não é interessante cortar os carboidratos a zero).
Coma poucas frutas (1 ou 2 por dia).
Não recomendo comer só gordura (embora haja povos que praticamente só comem isso e são saudáveis, como os esquimós). Capriche nas saladas também.
Se você voltar a comer carboidrato na mesma quantidade que comia antes, certamente vai engordar de novo. Qualquer dieta só funciona enquanto você pratica :-)

A vantagem de adotar dieta paleo como estilo de vida é que você NUNCA vai passar fome. Vai comer sempre até ficar cheia, e perder peso no processo.

Quanto ao peso em si, lembre-se que a nossa expectativa nem sempre corresponde à realidade. Dieta paleo vai te fazer ter o peso que o seu corpo quer ter, e não o peso que a sua cabeça quer ter...

Reply
avatar
17 de setembro de 2014 11:24 ×

Li tudo e fiz um jejum de 16 horas,fui correr 30 m e quando cheguei em casa sem fome,só de pensar em comida me enjoou,é normal?

Reply
avatar
Teimosia
admin
17 de setembro de 2014 14:40 ×

É normal perder o apetite nos momentos logo após o exercício. Geralmente, pouco depois vem a fome. Se tiver fome e achar que o jejum já está de bom tamanho, coma!

Reply
avatar
18 de setembro de 2014 15:19 ×

Obrigada,vc ajuda muito c/sua experiência e paciência!!!

Reply
avatar
nancy duarte
admin
19 de setembro de 2014 08:49 ×

Iniciei a dieta ha 80 dias,nos primeiros 30 dias eliminei 6 k,no seg.3,5 k e agora no terceiro parou de vez.Tenho 58 anos e 140 k,pretendo chegar nos 90,como omeletes e café c adoçante,carnes peixes manteiga,bacon,mt salada e legumes.Estou começando a ler e aprender sobre a paleo agora,quase não sei nada me ajude.

Reply
avatar
Teimosia
admin
19 de setembro de 2014 15:56 ×

Olá, Nancy

Ter "paradas" na perda de peso é normal... Todo mundo empaca de vez em quando! Tenha paciência, e não desista. Se daqui a 1 mês ainda estiver empacado, pergunte aqui de novo...

Reply
avatar
21 de setembro de 2014 22:55 ×

Estava seguindo uma dieta low carb faz uns 18 dias.... Porem hoje comi uma colher de mel e agora estou com uma leve tontura e dor de cabeça forte.... Sera q tem relação???? Por ter grande quantidade de açúcar? O que vcs acham???

Reply
avatar
Teimosia
admin
22 de setembro de 2014 08:38 ×

Olá, Layse

Eu não acho que tenha a ver não... Mas ao mesmo tempo, cada pessoa reage de uma forma. Sei de gente que comeu uma empadinha após uns 20 dias de dieta, e teve dores de estômago e diarréia...

Reply
avatar
22 de setembro de 2014 18:14 ×

Depois que iniciei a 1m,minha vontade de comer carne vermelha aumentou!
Vc come todos os dias?

Reply
avatar
Teimosia
admin
22 de setembro de 2014 18:20 ×

Como carne todo dia, mas não necessariamente vermelha...

Reply
avatar
23 de setembro de 2014 12:51 ×

O blog do Lucio Amorim não está funcionando quando entro nas perguntas mais frequentes,tem outro?

Reply
avatar
Teimosia
admin
23 de setembro de 2014 14:20 ×

Deixe um comentário no blog do Lúcio falando isso :-D

Reply
avatar
Fausto Simas
admin
4 de outubro de 2014 12:55 ×

Ignorante chegando agora... Embora todos os problemas provocados pela má qualidade da alimentação, a expectativa de vida tem aumentado. Antigamente as pessoas morriam mais jovens, isto não era também um reflexo do que comiam? Meus avós e bisavós morreram (AVC, infarto, cãncer) relativamente novos apesar de de se alimentarem do que plantavam e criavam no sítio... Estou muito interessado no modo de vida paleo, mas ainda tenho muitas dúvidas! Grato, se me esclarecerem!

Reply
avatar
Teimosia
admin
4 de outubro de 2014 14:59 ×

Olá, Fausto

Pense em escala estatística... O meu avô paterno nunca bebeu, e morreu de cirrose. Isso não significa que NÃO beber provoque cirrose. Câncer, AVC e infarto são "loterias", e todos nós nascemos com alguns bilhetes.

Quando você fuma, ou é sedentário, ou come lixo, está "comprando mais bilhetes". A sua chance aumenta...

Mas, na média, quem não fuma, se exercita e come direito, está livre desses males... A prova é empírica: povos ancestrais (esquimós do Ártico, maasai africanos, habitantes da ilha de Kitava, etc) só desenvolvem essas doenças quando passam a comer a comida industrializada dos brancos. Enquanto comem a sua dieta tradicional (seja rica em carnes e gorduras, seja rica em legumes e verduras), permanecem saudáveis...

A expectativa de vida só aumentou DE VERDADE com a descoberta da penicilina e os avanços na medicina e no saneamento básico. Na Inglaterra, em meados do século XVIII, a expectativa era de 18 anos... Menor que antes da invenção da agricultura (40 anos). Hoje os povos "civilizados" só vivem muito porque conseguem combater as doenças por muito tempo. Mas "combater uma doença" é muito diferente de "não ficar doente". Pense nisso.

Eu sugiro que você leia muito, estude, e tome uma decisão consciente. A sua saúde só depende de você, na média ;-)

Leitura recomendada: http://www.paleodiario.com/2014/01/promocao-da-saude-evolucionaria-uma.html

E veja essas palestras aqui:
http://www.paleodiario.com/2014/08/chris-kresser-fala-sobre-dieta-paleo.html
http://www.paleodiario.com/2014/10/o-beneficio-da-duvida.html

Reply
avatar
Fausto Simas
admin
4 de outubro de 2014 15:44 ×

Muitíssimo obrigado pelos esclarecimentos! Muita atividade de leitura pela frente...

Reply
avatar
Manoella ?
admin
7 de outubro de 2014 16:41 ×

Em um dos comentários você colocou isso:

"Finalmente, lembre-se de que quem decide o quanto vai perder é o seu corpo, e não a sua mente. Via de regra, se você não tinha sobrepeso aos 18-20 anos, é nesse peso que você vai chegar. Tenha expectativas realistas"

No meu caso tenho 25 anos, estou a 1 mês tentando mudar meus hábitos alimentares para uma vida Low Carb (segunda vez que tento). O que seria uma expectativa realista no meu caso?
Tenho mais ou menos o mesmo peso a uns 5 anos.. meu IMC atual é Obesidade Grau I e segundo essas tabelas de IMC deveria ter um peso perto de 65kg ( o que eu não quero). Quero chegar próximo ao 75-80kg.
Acho que não devo mirar meu peso de 10 anos atrás, até por que não lembro, e também porque entendo que meu corpo não chegaria a isso, por entender não ser um peso normal para mim.
O que você acha?

Reply
avatar
Teimosia
admin
7 de outubro de 2014 17:50 ×

Olá, Manoella

Se você já estava acima do peso aos 18-20, é difícil prever qual peso o seu corpo "quer". Tabelas de IMC são úteis para avaliar o estado de populações, de pessoas muito obesas ou muito magras.

Atletas de esportes que exigem força (lutas, levantamento de peso, 100m rasos, etc) muitas vezes tem IMC alto - e isso não vai refletir a verdade...

Eu acho que você não deve mirar peso algum... Coma comida de verdade, até ficar cheia. Monitore o seu peso semanalmente, e meça a circunferência da cintura. Tenha paciência, porque a jornada se paga.

Se ficar alguns meses com uma alimentação bacana, e ainda assim não perder peso ou medidas, confira as suas taxas hormonais com um médico... Desbalanços hormonais em mulheres tendem a estancar a perda.

E lembre-se de não cortar os carboidratos TOTALMENTE. Um pouquinho por dia é bom para a saúde da mulher.

Reply
avatar
10 de outubro de 2014 13:28 ×

Fiz meu exame de sangue depois de 1m e 15 dias de Paleo:colesterol total antes,235 depois 196,trigliceridios antes,154 depois 86,fiquei muito feliz,ainda não me pesei,mas minhas roupas estão mais folgadas,estou no caminho certo?

Reply
avatar
Teimosia
admin
10 de outubro de 2014 14:05 ×

Eu, no seu lugar, estaria muito feliz :-)

Reply
avatar
17 de outubro de 2014 16:38 ×

Vc faz uso Amido Resistente? Se sim,qual? Em qual horário e como usa?
Obrigada

Reply
avatar
Teimosia
admin
19 de outubro de 2014 10:18 ×

Eu tentei bananas verdes, mas não me adaptei - tive dor de estômago. Ainda não tentei féculas, e por enquanto fico com as batatas-doces (como sempre geladas).

Reply
avatar
nany489
admin
13 de novembro de 2014 10:27 ×

No inicio deste ano, logo apos minha segunda gestaçao, iniciei uma dieta de proteinas, estava com 75 kg, eliminei 9 kg, até conhecer em agosto a low carb/paleo, cheguei a fazer uma semana da primeira fase da atkins, a diferença me sinto mais saciada devido a gordura q antes nao fazia uso e notei como os alimentos desta forma sao mais saborosos. Meu lado negativo, nao consigo baixar a balança dos 65/66 kg sem contar a circunferencia da cintura q nao muda (86/87) isso me desanima mais q o peso e qd chega o fim de semana acabo comendo alguma sobremesa, durante a semana faço o café com manteiga pela manha, no almoço carnes/ovos pouco queijo com salada, a tarde como um pedaço de queijo ou amendoas (30g) ou o café com manteiga e no jantar igual o almoço com algum legume (abobora, abobrinha, couve flor, brocolis, couve...) nao fico inventando receitas mas as fazes faço uso de coco, leite de coco, creme de leite, abacate. O q vc acha dessa minha dificuldade com as medidas/peso?

Reply
avatar
Teimosia
admin
13 de novembro de 2014 11:48 ×

Olá, Nany

Primeiramente, parabéns pela decisão de tentar uma abordagem não-convencional.

Sobre os seus resultados:

1) o peso ficou estacionado em 65-66kg durante quanto tempo ? Você sabe que existem "platôs", e que às vezes ficamos sem perder peso durante um bocado de tempo, né ?

2) por que você quer baixar desse peso ? Na média, se você não era obesa aos 18 anos, o seu peso final vai ficar perto do peso que tinha nessa idade. Lembre-se que o que nós queremos pode não ser o que o nosso corpo quer... O conceito de "set point" diz que dada uma alimentação saudável, o seu corpo regula o próprio peso - e quem decide qual peso é esse, é o corpo (e não a nossa vontade)...

Reply
avatar
nany489
admin
13 de novembro de 2014 13:57 ×

Estou estacionada desde que alcancei esse peso ainda com a primeira dieta, por volta de julho, depois que iniciei paleo nao mudou em nada nesse sentido, apenas me sinto mais disposta e prazer em comer os pratos saborosos. Geralmente durante a semana consumo 20/30 g de carboidratos, somente "algum" final de semana abro exceçao para uma sobremesa/chocolate e vejo a balança subir na segunda feira de forma 1,5/2,5 kg. Nao consumo alcool mas agua no minimo 2 litros todos os dias. Mesmo que seja "platô" as medidas teriam que abaixar nao? vc nao acha muito a circunferencia da cintura? Como eu disse acima o peso em si nao me incomoda tanto como a medida da cintura. Obrigada pela atenção!

Reply
avatar
Teimosia
admin
13 de novembro de 2014 15:06 ×

Será que a sua ingestão de carboidratos não está baixa DEMAIS ? Já leu o artigo abaixo ?

http://www.paleodiario.com/2014/02/carboidratos-gentis-para-gaba-cortisol.html

Esses ganhos de peso bruscos no fim-de-semana são apenas água. Não tem jeito de ganhar 1-2kg de gordura em 2 dias apenas. O glicogênio no corpo fica altamente hidratado (na casa de 1:3 com a água), então quando você come carbos demais, fica "inchada".

Isso acontece comigo com muita frequência: encho a cara de frutas no fim-de-semana, e na segunda-feira estou 1.5kg mais pesado. Na verdade, o que ganhei foram 375g de glicogênio e 1125g de água. Rapidinho isso some no decorrer da semana...

As medidas não "tem que abaixar"... Biologia não é uma ciência exata :-)

Deixo uma pergunta: você tem feito algum tipo de atividade física ?

Reply
avatar
nany489
admin
13 de novembro de 2014 17:57 ×

Sua pergunta talvez seja oq me falta, mas ter tempo para atividade fisica nao é facil! Tenho q encontrar uma maneira de me exercitar mesmo q seja dentro de casa rs. Interessante o artigo, vou tentar introduzir moderadamente alguns desses carbos e espero q eu obtenha resultado, pois nada pior q a frustraçao. Muito obrigada!

Reply
avatar
Teimosia
admin
13 de novembro de 2014 18:02 ×

Comece devagar, em casa mesmo. Quando eu comecei, não conseguia fazer 1 flexão de braço sequer. Lentamente fui aumentando (tenho pouco mais de 1 ano malhando em casa), e hoje já consigo fazer muitas.

As minhas sessões de malhação duram em média 8 minutos. Pelo volume e carga que uso, não dá para ficar "bombado". Mas nunca foi esse o meu objetivom então tá valendo...

Reply
avatar
nany489
admin
14 de novembro de 2014 05:21 ×

Valeu pelas dicas, espero voltar e contar boas novas!

Reply
avatar
go 4 it
admin
7 de dezembro de 2014 21:58 ×

Coco ralado e cacau sao liberados? Se sim, eles podem ser consumidos livremente?

Reply
avatar
Teimosia
admin
7 de dezembro de 2014 22:40 ×

Olá, Go4It

Em uma análise superficial, são liberados sim. Mas você precisa testar o efeito deles sobre o seu corpo. Em mim, são inócuos no que diz respeito a ganho de peso. Há quem advogue contra o cacau em pó por conter muitos fitatos - mas novamente, eu escolho não abusar e por isso não me preocupo...

Reply
avatar
arlinda
admin
11 de dezembro de 2014 15:09 ×

Parabéns pelo blog. Vc poderia me explicar por que vc diz que para mulheres nao é interessante cortar os carboidratos a zero? Tem algum artigo sobre isso? Gostaria de ter mais informações sobre o tema. Muito obrigada!!!

Reply
avatar
arlinda
admin
11 de dezembro de 2014 15:14 ×

Tem algum motivo para comer as batatas doce sempre geladas ou é por gosto mesmo? Pergunto isso pq um dia li que as batatas doce assadas e quentes tem carga glicemica maior do que a cozida e fria…nao sei se isso tem qquer embasamento científico, mas agora que vc mencionou come-las geladas, lembrei disso que li por aí. Obrigada!

Reply
avatar
arlinda
admin
11 de dezembro de 2014 15:17 ×

Gostaria de saber se o carboidrato do coco ralado (fresco) deve ser contabilizado nas 100 gramas de carbo diário ou se ele entra como gordura, assim como o abacate? Eu estou amando esse blog! Já indiquei pra muita gente! Parabéns pelo seu trabalho!!!

Reply
avatar
Teimosia
admin
11 de dezembro de 2014 17:26 ×

Olá, Arlinda

Fico feliz que goste do blog!

Coco tem bastante fibra (carboidrato não-digerível), bastante gordura e pouco açúcar.

Reply
avatar
Teimosia
admin
11 de dezembro de 2014 17:28 ×

Olá, Arlinda

É mais ou menos por aí mesmo! Pesquise sobre "amido resistente" aqui no blog...

Reply
avatar
Teimosia
admin
11 de dezembro de 2014 17:31 ×

Olá, Arlinda

Tem vários artigos sobre isso na barra da direita. Tem uma seção chamada "Perda de peso para mulheres". Boa leitura :-D

Reply
avatar
Eliza Dias
admin
21 de dezembro de 2014 18:15 ×

Ola. A banana verde pode ser considerada um carboidrato gentil tambem, alemde amido resistente?

Reply
avatar
Teimosia
admin
22 de dezembro de 2014 08:23 ×

Olá, Elisa!

Eu ACHO que não, porquê entendo que o carboidrato gentil é aquele carboidrato complexo digerido e absorvido diretamente pelo nosso corpo. O amido resistente não é digerido diretamente por nós: ele serve de alimento para as bactérias do nosso intestino, e elas é que nos ajudam :-)

Reply
avatar
26 de dezembro de 2014 13:22 ×

Quem nao tem visicula pode fazer essa dieta sem problemas?

Reply
avatar
Teimosia
admin
26 de dezembro de 2014 15:09 ×

http://www.paleodiario.com/2014/12/dieta-com-pouca-gordura-e-maior-causa.html
http://www.lowcarb-paleo.com.br/2013/12/a-vesicula.html

Reply
avatar
26 de dezembro de 2014 15:18 ×

Obrigada pelo esclarecimento.

Reply
avatar
2 de janeiro de 2015 16:11 ×

Olá! Gostaria de saber se posso usar stevia? Ja que é uma planta e não aumenta a insulina.

Reply
avatar
4 de janeiro de 2015 22:29 ×

Oii, segui a dieta rigidamente até o 2º dia, mas no 3º, preparei o ‘’Oopsie’’, e o ‘’cream chesee’’ tinha uma taxa de 4% de carboidratos, sendo que o normal é abaixo de 1%, algum problema em relação a isso?
E salsicha de frango? É prejudicial?

Reply
avatar
Teimosia
admin
7 de janeiro de 2015 17:30 ×

Marcus, "ser uma planta" não quer dizer muita coisa :-) Lembre-se que stevia é um produto refinado. Para extrair um pouquinho de pó, são necessárias muitas folhas da planta e uma fábrica... Dito isso, a minha opinião é a mesma sobre todos os adoçantes: use com moderação.

Reply
avatar
Teimosia
admin
7 de janeiro de 2015 17:34 ×

Não fique esquentando a cabeça com o percentual de carboidratos do creamcheese... Se você não está comendo grãos nem açúcar, não vai ser um pouquinho de creamcheese que vai ser o problema.

Sobre as salsichas, não existem salsichas que prestem. Passe longe de todas.

Reply
avatar
Nívea
admin
26 de janeiro de 2015 06:04 ×

Olá meu marido só substituiu o pão por 2 ovos de manhã e cortou o açúcar e seus exames que eram sempre normais acusou aumento no colesterol duas vezes seguidas. O ovo inserido no lugar do pão e não adquirindo o restante dos hábitos da dieta pode prejudicar ao Inves de melhorar ? Pelo menos cortando a farinha já reduziu 3 kg e ganhou mais disposição durante o dia, mas elé continua comendo arroz e granola com iogurte natural , de resto eu sempre faço carnes, legumes e verduras nas refeições. O que explica o aumento no colesterol .?

Reply
avatar
Teimosia
admin
26 de janeiro de 2015 11:08 ×

Você já deu uma conferida no calculador de risco ?

http://www.paleodiario.com/2014/07/calculador-de-risco.html

E aqui ?

http://www.paleodiario.com/2014/07/o-que-fazer-se-uma-dieta-low-carb.html

Reply
avatar
26 de janeiro de 2015 22:57 ×

Olá. Comecei a Paleo há 3 dias e desde então estou com diarreia. Nao tem dor, nem gases. Apenas 'soltou'. Li que, devido a ingestao de gordura, isso normalmente ocorre, mas depois regulariza. Mas, até lá, há um plano B? Correto seria diminuir um pouco a gordura pra ver se melhora? Mas depois qdo for inserir novamente, corre o risco de desandar novamente ne? tem algum link por aqui que possa me indicar?

Reply
avatar
Teimosia
admin
26 de janeiro de 2015 23:26 ×

Olá, Cláudia

Para mim, isso é estranho. Dietas com baixo carboidrato em geral deixam o intestino mais preso (mas não entenda isso como algo ruim: carnívoros/onívoros fazem muito menos cocô que os herbívoros).

Que tal tentar contrabalançar com um pouco de amido resistente ?

http://www.paleodiario.com/2014/03/o-guia-definitivo-para-o-amido.html

http://www.paleodiario.com/2014/02/hora-de-ir-ao-banheiro.html
http://www.paleodiario.com/2014/02/um-cauteloso-conto-sobre-muco-antes-e.html
http://www.paleodiario.com/2014/08/9-sinais-de-que-voce-tem-intestino.html

Reply
avatar
28 de janeiro de 2015 19:48 ×

Muito, muito esclarecedor. Obrigada!
Talvez a diarréia tenha aparecido devida a ingestão maior de gordura, que eu não fazia a tanto tempo.

Reply
avatar
3 de fevereiro de 2015 15:07 ×

Ola,
Voce pode por favor indicar a marca do creme de leite que voce usa?
vlw

Reply
avatar
Teimosia
admin
3 de fevereiro de 2015 16:03 ×

Dos cremes de leite em caixa/lata, o que tem maior percentual de gordura é o da Nestlé. Como eu só como raramente, me dou o direito de comer qualquer um que achar :-)

Reply
avatar
3 de fevereiro de 2015 18:50 ×

hehehe ta certo! eu estou tendo dificuldades pois minhas fezes estao duras! e li o artigo sobre amido resistente! entoa estava pensando em fazer o sorvete de banana "Verde" com morangos. voce acha problematico comer o creme de leite diariamente? hoje praticamente faço o jejum intermitente de 24h, comendo files fritos na manteiga, 1 ovo e queijo parmesao! vlw pela ajuda

Reply
avatar
Teimosia
admin
3 de fevereiro de 2015 20:34 ×

Algumas considerações:

1 - eu acho que sorvete de banana verde com morango vai ficar horrível. Mas posso estar enganado :-D

2 - para ajudar o intestino, tente comer mais folhas. O teor de carboidratos é baixinho, não vai bagunçar a sua dieta cetogênica. Faça folhas refogadas na manteiga, que ficam mais gostosas e ainda aumenta a absorção de micronutrientes. Espinafre, couve, taioba, tudo refogado na manteiga. Alface, acelga, rúcula, tudo regado com bastante azeite...

Reply
avatar
Teimosia
admin
3 de fevereiro de 2015 20:34 ×

Sobre o creme de leite em si, se você não ficar comendo uma caixa/lata por dia, não vejo problemas. Faça o teste!

Reply
avatar
lulybo
admin
12 de abril de 2015 12:46 ×

Muito bom seu blog...Você poderia me informar se posso sair da dieta uma vez na semana? Iria me prejudicar muito?

Reply
avatar
Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores