Treinamento resistido: bate-papo com Felipe Piacesi

40
Avalie essa postagem

Algumas semanas atrás eu publiquei um artigo chamado “Por que o treino com pesos é ridiculamente bom para você“, que gerou uma montanha de emails com dúvidas.
Como não sou profissional de educação física, não consegui responder à maioria delas… e então resolvi chamar quem entende do assunto. Abaixo segue um bate-papo que tive com o coach Felipe Piacesi a respeito do artigo. Para quem não conhece, o Felipe é autor de um blog chamado “Treino Qualitativo”, e um dos caras – que eu conheço – quem mais estudam sobre o assunto.
Foi uma conversa muito bacana, e espero que vocês tirem proveito!
Aqui deixo alguns links sobre assuntos que citamos na conversa:
Sobre falha concêntrica:


Felipe Piacesi é mineiro de Barbacena, 32 anos, casado com a Mestre em Nutrição Débora Melo e pai da Valentina. Residente e apaixonado por Brasília há 16 anos. Bacharel em Educação Física pela UCB, pós graduado em Musculação e Treinamento de Força pela UnB, professor universitário, consultor, palestrante, coordenador técnico, personal trainer e praticante de musculação há 12 anos. Amante de ciências, é fascinado pelos resultados sustentáveis e seguros que a musculação e o HIIT trazem para seus alunos. Defensor destas modalidades na busca de uma vida mais saudável, longeva e autônoma. Devido a isso crê que quando uma pessoa se interessa em se exercitar, deve receber toda atenção e informação possível para incorporar definitivamente a prática em sua vida. É também defensor e praticante, desde 2013, de alimentação baseada em comida de verdade, no moldes das dietas Paleo e Primal. Se você quiser conhecer o trabalho do Felipe como coach e ver os resultados dos alunos dele, clique aqui.

Recomendado para você: