Casa de ferreiro, espeto de bacon!

Desde que comecei a praticar paleo/lowcarb, tenho tentado catequizar a família. Esposa, mãe, irmãos, tios, sogros, cunhados... preguei para todos, e consegui converter alguns. 

A minha esposa começou e parou diversas vezes ao longo desse tempo, e a cada vez que desistia passava por uns momentos de culpa e depois voltava a se esbaldar em carbos refinados.

Veio o nosso segundo filho e com ele vieram 17kg a mais. Embora isso não a tenha deixado acima do peso (assim, como eu, ela é ectomorfa), senti que foi um incômodo. 

Ao longo desse 1 ano e meio, um bocado desse peso sumiu – fruto de escolhas alimentares melhores, embora ainda longe do ideal lowcarb – e nas últimas semanas ela decidiu voltar de vez ao rumo movida por uma frase de impacto do coach Teco Mendes:


Os resultados que ela vem tendo nesse tempo foram muito bacanas, mas não livres de dificuldades. Por isso, ela começou a escrever sobre o assunto em seu blog, o "Blogueirinha, ela". Confira lá as 5 maiores dificuldades enfrentadas na alimenta - e de quebra, veja também as receitas lowcarb mais versáteis para quem está começando na caminhada!

Que tal fazer parte da lista de emails do Paleodiário e receber uma versão em alta resolução da Tabela Periódica de Alimentos Paleo?

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores