Amo meu novo estilo de vida!

Em julho de 2016, descobri que estava com quase 100kg. Resolvi ir a uma nutricionista, sempre alegando que o que me fazia mal era o anticoncepcional e nunca o que eu comia.

A nutri me passou a dieta toda bonitinha: coma de 3 em 3 horas, pão integral, arroz integral, bife magro, salada e eu segui tudo corretamente. Não pulava nenhuma refeição, frequentava a academia 3  vezes por semana... e  após 2 meses de dieta não vi nem um resultado... 

Voltei a me pesar e estava com o mesmo peso do início!!! 

Joguei tudo pro alto, voltei para casa e comi tudo o que tinha direito. Logo depois veio o peso na consciência, de que estava fazendo tudo errado. No dia seguinte voltei para dieta que eu achava que era certa. 

Comendo de 3 em 3 horas, mesmo sem vontade e sem fome!!! 

O tempo passou e eu não tive nem um resultado. Comecei a pesquisar na net e achei a lowcarb e a paleo – mas não sabia como iniciar. Tive medo de fazer e dar mais errado ainda...

Passou mais tempo, e em março/2017 conheci uma nutricionista que só trabalhava com lowcarb. Marquei minha consulta e fui até ela no dia 18/03/2017. Conversamos, e ela me explicou tudo perfeitamente. Fui pra casa com aquelas palavras batendo na minha cabeça: não precisa comer de 3 em 3 horas. Tudo o que mais queria era NÃO comer de 3 em 3 horas, sem fome, sem vontade nenhuma. Demorei a iniciar a lowcarb por medo... "Pôxa, posso comer queijo, presunto, castanha, abacate, quanta gordura!". Não acreditei.

Os dias se passaram e a nutricionista mandou uma mensagem para mim, perguntando se eu já havia começado.... Sem graça, eu disse que sim, que estava no segundo dia – mas eu nem tinha iniciado nada porque ninguém acreditava mais em mim. Falava com meu marido, ele sorria e falava que eu iria fraquejar na primeira semana!!!! No dia 18/04 eu dei início à lowcarb, e no início sentia muita fome, muita vontade de comer doce.

Eu sempre tive muitas dores de cabeça e muita falta de disposição, mas após uma semana de lowcarb eu já não sentia nenhum tipo de dor de cabeça – parecia que eu estava ligada no 220V :-D Não me sentia mais cansada, tinha mais disposição!!! 

Com 15 dias de lowcarb eu já iniciei o jejum intermitente. Na primeira semana fiz jejuns de apenas 12 horas, depois de uma semana pulei para 16 horas e assim por diante. No dia 25/05 voltei à nutricionista e fizemos a pesagem: tinha eliminado 8.5kg! 

Fiquei super feliz, voltei para casa disposta a nunca mais parar. Não frequentava mais a academia, então decidi voltar a fazer musculação e acabei entrando para o "jump" também. 

A nutricionista passou um novo cardápio com mais alimentos, pois estava bem restrita. Passou-se mais um mês, voltei no consultório e só tinha eliminado 2.5kg. Voltei para casa com outro cardápio e fui segundo todas as instruções que ela me passava, 1 mês e meio tive um problema pessoal e perdi o contato com ela. Não voltamos a nos falar, e hoje sigo sozinha: leio muito sobre o assunto, tento não cair em tentação.

No dia 02/10 já havia perdido no total 20kg. Comecei a levar os exercícios mais a sério: 2 sessões de corrida (40 minutos), 2 de jump e 2 de musculação, distribuídas em 6 dias da semana. Até o dia 13/11, eliminei mais 6kg!!! 



Amo meu novo estilo de vida, e não sinto falta de nada do que eu comia antes!

Monique (@monique_sm17, no Insta)

E você? Quer contar seu caso e ajudar a inspirar mais pessoas? Se sim, escreva um texto, junte fotos de antes e depois, e mande para hilton@paleodiario.com

Que tal fazer parte da lista de emails do Paleodiário e receber uma versão em alta resolução da Tabela Periódica de Alimentos Paleo?

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores