O estranho hábito de jejuar

Outro dia esbarrei com a imagem de um anúncio de jornal de 1943. Trata-se de uma propaganda publicada no "The Milwaukee Journal". Deixei meus comentários depois da tradução...


Traduzindo:

O estranho hábito de jejuns de 18 horas

Não entre os hotentotes (N.T.: uma etnia africana), mas bem aqui, em casa!

Deixar de comer deliberadamente por 18 horas, descobriu-se, é uma prática comum entre muitos americanos. Essas pessoas vão do jantar da noite anterior até o almoço do dia seguinte sem comerem nada.

O "jejum de 18 horas" não é algo inteligente a se fazer, de acordo com muitas autoridades da nutrição. Não é mesmo.

O corpo humano requer quantidades consideráveis de vários nutrientes para funcionar adequadamente. A pessoa que ignora o café-da-manhã, ou que come muito pouco nessa refeição, provavelmente não vai conseguir o suficiente desses nutrientes em sua dieta diária.

Um desjejum nutritivo pode ser construído em torno desses 3 alimentos básicos: leite, frutas e trigo integral. "Wheaties" são uma escolha popular para o desjejum. Esses flocos tostados e crocantes têm gosto de "quero mais" – e fornecem toda a conhecida nutrição essencial que o trigo dá. Isso inclui energia concentrada, o "combustível" com o qual nossos corpos funcionam. Os "Wheaties" também fornecem boas proteínas, bem como vitaminas e minerais protetores.

Uma tigela generosa de "Wheaties", o "Desjejum dos Campeões", com leite e frutas, contribui de maneira excelente para as suas necessidades no café-da-manhã. Comer isso regularmente no desjejum é um hábito sábio. 

Oferta especial! É seu por apenas 3 centavos. Um pacote tamanho-família de "Wheaties", juntamente com o livreto "A estrada para a boa nutrição" (N.T.: tradução livre), de autoria de Betty Crocker! Envie o valor de 3 centavos, juntamente com nome e endereço, para a General Mills Inc., Dep. 125, Minneapolis, Minnesotta.

Quebre aquele longo jejum com um Desjejum dos Campeões – com leite e frutas!

Pois é, amiguinhos... Parece que o hábito de jejuar estava atrapalhando os lucros de alguém, mais de 70 anos atrás – e por isso merecia anúncios difamatórios em jornais. Sem falar no viés racista, é claro: "Aquele povo selvagem jejuar, eu entendo. Mas nós somos brancos civilizados."

Mais uma pecinha no quebra-cabeças de como a história foi roubada. E veja como a lavagem cerebral funcionou: quase 80 anos depois, o desjejum "saudável" ainda é feito de cereais integrais, leite e frutas.



Que tal fazer parte da lista de emails do Paleodiário e receber uma versão em alta resolução da Tabela Periódica de Alimentos Paleo?

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores