Foi algo mágico, como se uma venda fosse tirada dos meus olhos.

Eu sempre fui uma mulher gordinha. Nunca soube o que era ser magra, entrar em uma loja e vestir um 36! Eu já tinha aceitado que "minha genética" era assim, e que eu seria assim para sempre.

Mudei minha maneira de agir com a alimentação quando alguns casos de câncer apareceram na família. Ouvir médico falar que era hereditário me assustou! Comecei a ler a respeito de alimentação e saúde, e foi quando li sobre a low-carb. 

Foi algo mágico, como se uma venda fosse tirada dos meus olhos. Como eu nunca tinha pensado em algo tão óbvio? Como eu me deixei me manipular pela mídia, acreditando em coisas que eram vendidas como saudáveis, e na verdade era veneno para meu corpo?

Foi aí que eu resolvi mudar. Primeiro de tudo, pesquisei muito sobre o assunto, vi que era algo sério e não uma moda. Minha adaptação foi muito tranquila, pois como eu estudei (e ainda estudo), entendia exatamente o que estava fazendo.

Desde então, nesses últimos meses minha vida realmente mudou! Perdi 25kg, e o mais importante: ganhei disposição e auto-estima!

Sei que ainda tenho um longo caminho a percorrer! Mas estou muito feliz e disposta a trilhar esse novo caminho.




Hagata

E você? Quer contar a sua história e ajudar a inspirar mais gente? Se sim, escreva um texto, junte umas fotos de antes e depois, e mande para paleodiario@gmail.com.

Que tal fazer parte da lista de emails do Paleodiário e receber uma versão em alta resolução da Tabela Periódica de Alimentos Paleo?

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores