Hoje tenho mais disposição e não tenho mais aquela vontade de beliscar o tempo todo

Meu nome é Bianca, tenho 22 anos, tenho 1 filha de 2 anos e sou casada.

Eu pratico musculação desde os 14 anos, e sempre tive um corpo bonito (mas nunca fiz dieta direito).

Aos 19 eu engravidei, e foi quando me perdi: parei a musculação, nem sequer caminhava... Só dormia e comia brigadeiro (eu enjoei da minha comida, não conseguia comer, só aceitava doce). Ao final da gestação eu estava 20 quilos acima do meu peso (antes 55kg e no final da gestação com 75kg). Após o parto, perdi 16 quilos em menos de 1 mês.

Quando minha filha estava com 9 meses, descobri que eu era intolerante à lactose e ao glúten. Cortando os dois, perdi mais 4 quilos. Mas eu não me sentia bem, porque o que me restou foi flacidez, muita gordura e estrias.

Com 1 ano e 4 meses a minha filha desmamou e no mesmo instante comecei a inchar (de 55/56kg passei para 62,8kg). Inchei muito, fazia dieta convencional (comer de 3 em 3 horas, integrais, produtos zero lactose, etc) juntamente com musculação e não conseguia perder 1 grama. Decidi procurar um nutrólogo do convênio. Ele me orientou uma dieta zero gordura (não podia usar uma gota de azeite), comendo de 3/3 horas, e mandou eu comer até a saciedade (como alguém consegue comer arroz até a saciedade?), fiz 2 dias e parei.

No Facebook conheci o grupo Dieta Low Carb/Paleo – e foi a minha salvação, a Low Carb High Fat, no início achava loucura, mas após ver tantos bons resultados eu resolvi pesquisar. Li muito o blog do Dr. Souto, o Paleodiário, dentre outros, e me surpreendi ao saber que além do excesso de peso que o consumo de carboidratos e industrializados pode trazer, também descobri todo o mal que pode causar ao organismo.

Então no dia 3 de outubro de 2016 decidi começar a low carb (por minha conta mesmo, até porque comida de verdade não faz mal né?!). Na primeira semana perdi 4.5kg e em 2 meses havia perdido 10kg. Entre o fim de janeiro/17 e começo de fevereiro/17, perdi mais 2kg.

A Low Carb é o que funciona pra mim. Faço com prazer, furo consciente e sei voltar ao meu estilo de vida – sim estilo de vida. Não pretendo voltar à uma dieta convencional. Vale ressaltar que hoje tenho mais disposição e não tenho mais aquela vontade de beliscar o tempo todo. Recomendo!

Hoje tenho uma página no Facebook e um Instagram no qual mostro meu dia a dia entre Low Carb e Treinos: @estilolowcarbbybiancaoliveira.


Espero que tenham gostado e que ajude a motivar outras pessoas, um beijo e obrigada pela oportunidade de poder contar aqui a minha história. 



Bianca

E você? Quer contar a sua história e ajudar a inspirar outras pessoas? Se sim, escreva um texto, junte umas fotos de antes e depois, e mande para paleodiario@gmail.com.

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores