Eu tinha de lutar por mim e pelo meu filho

Gostaria que tivesse sido diferente. .. mas na verdade tudo o que passei fez-me chegar aqui e crescer como pessoa - por isso tenho de ter orgulho em ser quem sou.

A minha vida deu uma grande volta quando decidi emigrar com o meu namorado para a Suíça. Não foi nada fácil a adaptação, custou horrores estar longe da família e sempre por casa sozinha.

Engravidei pouco tempo depois e aí as coisas começaram a descontrolar-se, quer a nível físico como emocional. 

Como o passar do tempo as coisas não melhoraram... A depressão instalou-se e os cerca de 100kg destruíram por completo a pouca auto-estima que tinha. Comprar roupa era quase impossível, e uma tortura... Brincar sentada no chão com o filhote era impossível, estava sempre cansada e triste. 

No fundo do poço, na escuridão total, fui aconselhada pelo psicólogo (só fui a uma consulta) a escrever uma carta onde explicasse tudo o que sentia a uma pessoa de confiança. Fiz... e a resposta foi simples: Tenha juízo!!!! 

Não sei explicar como, mas essa confirmação de que estava realmente sozinha deu-me força! Eu tinha de lutar por mim e pelo meu filho, se queria que ele fosse feliz – pois ninguém o iria fazer por nós! 

Pesquisei e comecei a fazer redução alimentar. Iniciei com 100,1kg. Custou muito, contava calorias, vivia realmente obcecada com isso. Pesava-me todos os dias! Mas tive o que queria: perder peso.

Emagreci 20kg em 5 meses. Mantive-me nos 80kg, mas insatisfeita... Queria perder mais, mas também queria algo mais saudável, mais fácil. 

Conheci o grupo Paleo Descomplicado no ano passado. Comecei a ler e estudar e fiquei fascinada! Não era mais uma dieta da moda, era uma alimentação com bases e inúmeros benefícios para a saúde. Aos poucos fui alterando a alimentação e a adorar todo este novo mundo.

Paleo é vida! Paleo é saúde! 

E será para o resto da vida.  O grupo mudou a minha vida por completo, e só tenho a agradecer a todos pelo apoio. Hoje sou uma mulher mais confiante, mais espontânea... Toda esta viagem mostrou-me que não preciso da opinião dos outros, só tenho de agradar a mim! 

Todos, mas todos mesmo temos esta força dentro de nós e não podemos desistir! Agarrem-se à vida, sorriam e quando se olharem ao espelho não procurem defeitos... Olhem bem, tratem-se com carinho e não sejam tão duros convosco. Todos somos especiais

Espero do fundo do coração que a minha história possa mudar ou motivar alguém

Se eu consegui perder quase 26 kg vocês também conseguem. Ainda me falta perder mais uns 4kg para atingir a meta dos 70kg, mas sei que vou conseguir e mais importante: sei que este é o meu caminho.


Beijinhos e lembrem-se: O impossível não existe!

Força e determinação
Karla

E você? Quer contar a sua história e ajudar a inspirar mais gente ? Se sim, escreva um texto, junte umas fotos e mande para paleodiario@gmail.com

Que tal fazer parte da lista de emails do Paleodiário e receber uma versão em alta resolução da Tabela Periódica de Alimentos Paleo?

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores