Não consigo emagrecer! O que fazer? Parte 6 de 6

Sexto e último guest post de uma série fenomenal do Glauber Silva, do blog Obeso Emagrece.


não consigo emagrecer parte 6 de 6: manutenção - imagem de uma balança, uma fita métrica e uma mulher segurando um prato de vegetais em uma mão e um halter na outra  

É comum que muitas das pessoas que emagrecem, se descuidem um pouco dos hábitos saudáveis depois de um tempo. E que aos poucos voltem a recuperar as medidas que haviam sido diminuídas com muito esforço ao longo dos meses. No passado eu acreditava que apenas uma dieta low-carb resolveria esse problema de vez, mas infelizmente isso não é verdade... 

Acontece que muitas pessoas enxergam uma dieta com baixo consumo de carboidratos como algo temporário. Algo para ser executado apenas em um período curto de tempo e depois desse intervalo voltam a ingerir mais carboidratos. Isso faz com que o efeito sanfona continue reinando na vida delas.

Mas a dificuldade em manter o FOCO também pode ser outro grande problema. Mesmo para aquelas pessoas que já vivem o estilo de vida low-carb há algum tempo. 

Inclusive, eu gravei uma vídeo-aula para falar mais sobre esse assunto. Caso queira assisti-la, basta clicar no link abaixo: 


Então não se esqueça! Para manter os resultados no longo prazo é preciso adotar a alimentação low-carb como um estilo de vida alimentar, e não como mais uma simples dieta temporária que deixará de ser seguida depois de alguns meses. 

Mas para fazer isso é preciso mudar a forma de pensar sobre os alimentos NÃO saudáveis. Ou seja, só porque estamos falando de um estilo de vida saudável, não quer dizer que você nunca mais poderá comer os "alimentos proibidos" que tanto gosta. 

Você pode sim comer alimentos que NÃO sejam saudáveis ou low-carb! Você só terá grandes problemas, caso esses alimentos ruins se tornem regra ao invés de exceções. E isso nos leva ao nosso próximo tópico...

1 - Não consigo emagrecer porque vivo "jacando" e perdendo o foco

Embora existam muitos autores que não concordam com o que eu vou dizer agora, gostaria de começar dizendo que você DEVE sim - SE tiver vontade - ter momentos livres para comer o que bem entender, pois isso lhe ocasionará benefícios emocionais incalculáveis! Afinal, estamos falando de um estilo de vida que deve ser seguido para sempre. 

Então como seria possível passar uma vida inteira sem tomar uma cerveja bem gelada ou comer uma bela de uma coxinha de frango com catupiry? Sim! Eu amo beber/comer essas coisas. =D É aí que entra a importância de ter 1 dia da semana para comer o que bem entender. Sem ter que se preocupar com dieta ou se sentir culpado por estar comendo algo que "não deveria". 

E isso é muito bom porque ajuda bastante na manutenção de um estilo de vida saudável. Assim conseguimos manter nossa vida social e nossa boa relação com a comida em dia. Entretanto, muitas pessoas relatam não se darem muito bem com esse tipo de prática. Alguns relatam que o DIA do lixo acaba se estendendo por 2, 3 ou mais dias... Aí o que era para durar apenas 1 dia, acaba se estendendo por semanas ou até mesmo meses – e isso é muito grave! Essa prática impossibilita o sucesso dessas pessoas que não conseguem manter o foco depois de um dia de folga. Sendo assim, a pergunta que devemos nos fazer é a seguinte:

2 - Por que será que eu vivo "jacando" e perdendo o foco?

Foco é extremamente importante, mas de nada adianta se você direciona os seus esforços para os lugares errados. Ou seja, seu foco precisa ser direcionado ao lugar certo! Não adianta nada você, por exemplo, focar em exercícios para emagrecer o rosto se isso é algo insignificante para o seu sucesso durante o processo de emagrecimento definitivo como um todo. 

Perceba que só ter foco não serve de nada se esse foco está direcionando os seus esforços para os lugares errados. E no caso das "jacadas" (o termo "jacada" é frequentemente utilizado para descrever as escapadas da dieta) constantes nós podemos perceber um foco completamente errado que geralmente é adotado pelas pessoas que sentem dificuldades em se manterem na linha. Sim, por mais contraditório que pareça, quem vive "saindo da linha" tem um FOCO muito bem definido!
Como assim? Você tá doidão Glauber?
Calma que eu explico! O foco dessas pessoas que vivem "jacando" geralmente está voltado para o prazer de comer para se sentirem bem. Provavelmente porque essa atividade é uma das poucas que fazem essas pessoas se sentirem dessa forma. É como alguém que começa a beber (ou usar outra droga qualquer) com muita frequência porque aquela substância é uma das poucas fontes de prazer que a pessoa possui – mas nós sabemos que existem aqueles que conseguem, por exemplo, beber apenas socialmente. 

Eu mesmo costumo beber cerveja apenas uma vez por semana e no dia seguinte consigo voltar à minha rotina normal sem ficar pensando em beber de novo a todo momento - a mesma coisa acontece quando ingiro outros carboidratos como massas, doces, sorvetes etc. Mas será que todo mundo é capaz de fazer isso? Eu respondo essa pergunta no próximo tópico...

3 - Conheça a melhor "vacina" contra auto-sabotagem e mantenha o foco para sempre

Valorize o que você já conquistou! Essa é a melhor vacina contra a auto-sabotagem e também é a melhor forma de manter o FOCO constante. Ou seja, a melhor forma de conseguir seguir uma dieta low-carb no longo prazo - como estilo de vida mesmo! 

Mas como fazer isso? Mantenha fotos de antes e depois SEMPRE VISÍVEIS em um lugar que você obrigatoriamente olha todo dia. No início provavelmente será desagradável, mas relembrar onde você esteve (ou está) e onde já chegou lhe ajudará a perceber e valorizar seus resultados. Mesmo que você ainda não tenha resultados espetaculares para se lembrar. 

Já falamos nesta série de artigos sobre como as fotos ajudam a promover uma melhor conexão com a realidade. E nos casos das fotos de ANTES e DEPOIS podemos perceber ainda mais esses benefícios. Pois olhar para sua pior e melhor forma todos os dias vai te deixar mais comprometido em não querer voltar para a situação considerada pior. 

E isso também AJUDA a não transformar o dia do lixo em semana do lixo, pois quando você enxerga constantemente a sua pior situação, o dia do lixo estendido se torna mais difícil de acontecer.

Utilizando o aplicativo web mensure.me para facilitar a sua vida

Como eu disse no artigo anterior, desenvolvi esse aplicativo para ajudar os alunos do meu treinamento completo otimizarem seus resultados. Mas o que eu não disse é que ele possui um módulo de evolução corporal onde você pode fazer avaliações físicas completas

Inclusive ele é capaz de até mesmo cálcular o seu % de gordura automaticamente durante essas avaliações. Além do mais é possível acompanhar o seu progresso através de um gráfico de evolução corporal. Um outro recurso incrível é o cadastro de fotos durante o registro de uma nova avaliação física. 

E toda vez que o registro é concluído, um GIF animado contendo sua evolução corporal através de imagens é atualizado. Ou seja, toda dia quando você voltar no aplicativo para preencher seu diário de registros - explicado no artigo anterior - você terá disponível em sua tela inicial o seu ANTES e DEPOIS sendo exibido em uma imagem animada. Veja, logo abaixo, um exemplo:

  não consigo emagrecer parte 6 de 6: manutenção - gif animado com imagens de antes e depois de uma modelo, o gif foi gerado pelo aplicativo web mensure.me 

Esse GIF animado de exemplo, exibido logo ⇑ acima, foi construído no decorrer da vídeo-aula citada no início desse artigo. Recomendo bastante que você assista o vídeo, pois através dessa aula você será capaz de aprender mais alguns insights fundamentais que irão te ajudar a manter o FOCO para sempre! Mas é claro que somente essa aula não resolve todas as questões que envolvem o vício em comida, ansiedade, compulsões etc.

Sendo assim, se você quiser aprender mais sobre esses assuntos que se relacionam diretamente com o processo de manutenção, baixe GRÁTIS o eBook MCL5 - Mente & Corpo Leve em 5 Etapas! Trata-se de um livro digital, escrito por mim, e lá eu explico vários conceitos e estratégias em mais detalhes.

Lembrando que eu não sei até quando esse livro ficará disponível para todos de forma gratuita...

Portanto, aproveite enquanto ainda dá tempo e garanta a sua cópia GRÁTIS agora mesmo! ;-)

Vou ficando por aqui, espero que você tenha gostado dessa série de 6 artigos que eu escrevi especialmente para os leitores aqui do Paleodiário

Um forte abraço e até a próxima! =) 
Glauber

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores