Não consigo emagrecer! O que fazer? Parte 5 de 6

Quinto guest post de uma série fenomenal do Glauber Silva, do blog Obeso Emagrece.

não consigo emagrecer parte 5 de 6: otimizações - imagem de uma balança, uma fita métrica e uma mulher fazendo sinal de positivo

Quando se fala em otimizações durante o processo de emagrecimento, muita gente pensa em melhorar a alimentação através de práticas mais avançadas como o jejum intermitente ou até mesmo uma dieta cetogênica extremamente otimizada

Em muitos casos as pessoas também buscam essas otimizações através dos exercícios corretos. Como aqueles que nós aprendemos no artigo anterior - HIIT e musculação. Mas o problema é que as vezes o que você precisa otimizar não é tão óbvio assim, pois vai além do convencional. Ou seja, vai além dos cuidados com a alimentação e os exercícios. 

Inclusive, eu até já gravei uma vídeo-aula para falar um pouco mais sobre uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar. Caso tenha interesse em assisti-la, basta clicar no link abaixo: 


Então lembre-se sempre que as otimizações muitas vezes não são tão óbvias, pois vão além dos exercícios e da alimentação. E neste artigo nós abordaremos exatamente alguns desses aspectos não tão comuns de serem abordados por aí. Após a leitura você será capaz de repensar a questão da otimização de resultados durante um processo de emagrecimento definitivo. Mas para contextualizarmos melhor a situação, precisamos discutir sobre uma queixa muito comum entre algumas pessoas...

1 - Não consigo emagrecer rápido por causa da minha genética

Nós sabemos que existem diferentes tipos de corpos, uns mais propensos a serem magros ou atléticos. E outros que acumulam gordura com maior facilidade. Isso explica porque duas pessoas que consomem uma mesma dieta podem obter resultados completamente diferentes... 

Por exemplo: enquanto uma dessas pessoas engorda a outra pode emagrecer seguindo exatamente a mesma dieta. Entretanto, muitas vezes as pessoas que possuem certa facilidade de engordar e dificuldade de emagrecer, acabam utilizando essa dificuldade como uma espécie de escudo protetor.

Como assim? Bom, é o seguinte: Geralmente é mais fácil aderir ao conformismo para justificar uma situação indesejada do que lutar para sair da zona de conforto. Sendo assim, é muito mais cômodo acreditar que NÃO é possível mudar do que se dar ao trabalho de ao menos tentar.
  • Mas será que as pessoas NÃO podem mudar nos casos em que a genética não colabora tanto no emagrecimento?
  • Seria uma perda de tempo se dedicar muito mais que os outros para conseguir obter menos resultados?
  • Estariam essas pessoas fadadas a uma vida inteira de insatisfação com o corpo?
Para todas essas perguntas, a resposta é a mesma: claro que não! 

Afinal, é sempre possível buscar ser uma versão melhor de você mesmo. E entender que dentro das suas limitações genéticas você pode SIM conquistar um corpo que te dê prazer e alegria. Desde que você aceite que a natureza lhe estabeleceu um certo limite de "magreza"

Então entenda que é possível que talvez você esteja utilizando essa "desculpa da genética" para justificar para os outros e para você mesmo que, no seu caso, nem adianta fazer nada porque você é assim mesmo. Ou talvez você até já se esforce bastante para conseguir emagrecer. Mas devido a falta de resultados, acabou se convencendo de que o problema é mesmo a sua genética. Se identificou com essa última situação? Então é possível que o nosso próximo tópico te ajude a entender melhor esse problema...

2 - Será que a sua genética realmente é a única culpada?

Pessoas que possuem um tipo corpóreo que dificulta o emagrecimento e favorece o acúmulo de gordura geralmente sofrem mais na hora de avaliarem os seus progressos em um processo de emagrecimento definitivo. Acontece que ao traçar uma meta do tipo: "Preciso perder 10kg em 2 ou 3 meses", essa pessoa (com dificuldade de emagrecer) acaba criando uma expectativa muito grande e também muito improvável de ser atendida em alguns casos. 

Nós já explicamos no primeiro artigo porque a balança não é a melhor ferramenta para avaliar a perda de gordura. Mas no caso das pessoas com maiores dificuldades para emagrecer, utilizar a balança como ferramenta principal de medição se torna ainda mais desmotivador - principalmente quando o indivíduo executa treinos de força recorrentes. 

E isso acontece porque GERALMENTE essas pessoas também possuem certa facilidade em construir músculos! Mas esses músculos ficam encobertos pela camada de gordura, o que dificulta a percepção de progressos através de uma balança. Ou seja, você cria uma expectativa em relação a uma meta estabelecida. Fica ANSIOSO para bater a meta. E no final das contas, fica desmotivado por não conseguir chegar (no tempo estipulado) aonde queria... 

Aí você desiste dos seus objetivos até a próxima onda de esperança te convencer a começar tudo de novo - do absoluto zero! Então perceba que o grande problema é o seguinte: Começar a corrida já pensando na chegada e desistir na primeira curva por acreditar não estar correndo bem o suficiente. Isso tem nome, isso se chama ANSIEDADE!

As diversas "faces" da ansiedade

Se engana quem acha que, no processo de emagrecimento, a ansiedade representa problema só quando faz alguém comer muito... Na verdade, diferentes pessoas possuem diferentes reações. E ao mesmo tempo em que a ansiedade engorda, ela também emagrece ou até mesmo tira o sono. Tudo vai depender da forma com que cada um (que sofre com o excesso desse sentimento) reage ao problema. 

Então saiba que o excesso de ansiedade também pode fazer você desistir dos seus objetivos! Justamente para não ter que sofrer com a longa espera daquele tão sonhado dia... Como por exemplo: o dia em que você olha na balança e vê a sua meta batida. Mas na grande maioria das vezes, essas pessoas que desistem no meio do caminho, estavam tendo resultados (mesmo que pequenos) e não percebiam. E seria exatamente a percepção e noção desses progressos que faria a pessoa conseguir otimizar os resultados no longo prazo. 

Ao invés de se conformar com a situação atual e jogar toda a culpa na bendita genética. 

Então o que você precisa fazer em muitos casos não é otimizar os exercícios e alimentação! Mas sim o controle da ansiedade para que assim você consiga se manter alinhado e consistente com as propostas do seu novo estilo de vida, até que as suas metas sejam alcançadas. Mas como fazer essa proeza? Isso nos leva ao nosso próximo tópico...

3 - Use o poder do auto-monitoramento para emagrecer 3X mais rápido

Muitas das pessoas que abandonam um processo de emagrecimento definitivo, geralmente fazem isso devido à falta de noção/percepção de progresso no curto ou médio prazo. E isso é ainda mais comum para as pessoas que possuem dificuldades de emagrecer e facilidades de engordar. Pois às vezes as diferenças no corpo e a diminuição das medidas são bem sutis e podem levar meses para serem percebidas. 

Com isso, logo as pessoas desistem de seus objetivos, pois esperar meses sem ter nenhum indicativo de que algo está dando certo é uma tarefa um tanto quanto desmotivadora. Sendo assim, a melhor estratégia nesses casos é criar uma forma de avaliar os benefícios imediatos, coisas que podem ser medidas agora! Essa é uma ideia bem simples e que pode fazer grande diferença na sua vida. Mas o melhor de tudo é que ela é barata, democrática e qualquer um pode fazer! Inclusive eu já comentei brevemente sobre alguns benefícios dessa técnica em artigos anteriores dessa série. Já sabe do que estou falando? Estou falando de um...

Diário de registros com FOTOS

Perceba que eu não disse diário alimentar, mas sim diário de registros! Pois a ideia é que você registre tudo que for importante não só em relação a alimentação, mas também tudo que envolva os exercícios e o lado emocional do processo de emagrecimento. 

E uma forma rápida de fazer isso (principalmente se você não curte muito escrever) é através das FOTOS. Agora vem a notícia boa: alguns estudos demonstram que um diário escrito pode aumentar em até 3X os resultados dos praticantes de dietas para emagrecer. Mas essa estratégia parece apresentar resultados ainda superiores quando as pessoas fazem um diário através de imagens

Principalmente se essas imagens forem compartilhadas em suas redes sociais, pois você acaba criando um comprometimento social que fortalece a sua aderência ao seu novo estilo de vida - já que você não vai querer exibir para todo mundo o tanto de porcarias que você come ao mesmo tempo em que se diz praticante de um estilo de vida saudável. =)

Além das imagens: usando o controle QUALITATIVO diário para turbinar seus resultados

Toda essa história de registrar o dia parece bem legal né? Mas a grande sacada é que você se comprometa em escrever (ou fotografar) esse diário com foco em QUALIDADE ao invés de quantidade. Ou seja, tenha uma meta diária tanto do ponto de vista da alimentação como também dos exercícios e do emocional. 

Exemplo de meta diária com foco em qualidade: ter um dia EXCELENTE. Importante dizer que para utilizar essa estratégia, será preciso ter um bom critério de avaliação. E saiba que no início vai dar um pouco de trabalho! Mas tenha em mente que ao fazer isso você estará se comprometendo com uma pequena meta diária. E será capaz de perceber mais facilmente que você realmente está progredindo. 

Diferente do que acontece quando você traça uma meta de longo prazo e não consegue ter uma noção de progresso muito boa. Agora é só começar a registrar suas atividades no SEU diário de registros e focar em bater, todos os dias, as suas metas diárias. Sempre com foco em QUALIDADE e baseado em critérios de avaliação capazes de potencializar as suas chances de sucesso! =)

Usando o aplicativo web mensure.me para facilitar a sua vida

Eu mesmo desenvolvi essa ferramenta especial para os alunos do meu treinamento completo. E através dela é possível cadastrar seus registros diários seguindo alguns critérios de avaliação bem otimizados. Depois de concluir o registro, automaticamente o aplicativo gera um GIF animado com o 
resumo do dia, veja:

  não consigo emagrecer parte 5 de 6: otimizações - gif animado com o resumo de um dia de alimentação, treinos e sentimentos representados em imagens e um sistema de classificação de até 5 estrelas - gif gerado pelo aplicativo web mensure.me 

Esse GIF ⇑ acima é um exemplo de um dia classificado como 5 estrelas. Observe também que eu cadastrei minhas refeições, treinos e sentimentos do dia. E mesmo tendo pizza e sobremesa entre as refeições, ainda assim o dia foi considerado excelente... 

Quer saber como isso foi possível? Assista a vídeo-aula recomendada no início deste artigo e saiba mais!

E se você quiser aprender mais sobre otimizações durante processo de emagrecimento definitivo, baixe GRÁTIS o eBook MCL5 - Mente & Corpo Leve em 5 Etapas! Trata-se de um livro digital, escrito por mim, e lá eu explico vários conceitos e estratégias em mais detalhes. Além disso, explico com mais profundidade como você pode controlar melhor a sua alimentação, os exercícios e o emocional - principalmente no que diz respeito a ansiedade.

Lembrando que eu não sei até quando esse livro ficará disponível para todos de forma gratuita...
Portanto, aproveite enquanto ainda dá tempo e garanta a sua cópia GRÁTIS agora mesmo! ;-)

Um forte abraço e até o próximo artigo. 

Glauber 

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores