Paleo x Diabetes gestacional: Caso encerrado :-D

Minha esposa está grávida de quase 8 meses. Apareceu uma diabetes gestacional e no domingo a médica dela falou que ia interná-la na quarta-feira para acompanhamento nutricional. Falei pra ela: você vai pro hospital, vão te encher de pão integral, bolachinha água e sal e etc... Não vão conseguir controlar a glicemia e vão querer entrar com insulina injetável. 

Vamos fazer o seguinte: Começa a fazer comigo, vamos comer comida de verdade e reduzir drasticamente os carboidratos. E na terça à noite a médica vai mudar de ideia.

Ela topou. Então foi café turbinado, carnes, ovos, verduras e legumes. Os valores de glicemia em jejum e pós-prandial que beiravam 200 agora não passam de 110.

Enfim, minha esposa está em casa e não no hospital... E ontem à noite comemoramos com iscas de fígado temperadas com chimichurri, cebola e alho fritas no azeite, brócolis e couve-flor cozidos.


André

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores