Quarentão!

Hoje completo 40 anos, com corpinho de 18 :-D

Não deixa de ser "estranho", ainda que eu saiba do poder da nutrição sobre a saúde e forma física, perceber que estou melhor condicionado hoje que aos 35. E é mais estranho ainda ter aprendido a enxergar além do véu da "alimentação saudável" e das intervenções alopáticas e homeopáticas que tentam nos empurrar o tempo inteiro.

A estatística nos mostra que o que nos mata na atualidade são doenças crônicas. Não tenho estatísticas brasileiras, mas as americanas são bem claras (e dado que eles estão 20 anos à nossa frente em termos da epidemia de "diabesidade", em breve chegaremos ao patamar que eles ocupam hoje): câncer e problemas circulatórios foram responsáveis por 57% das mortes de homens e 55% das de mulheres entre 2005 e 2014.

Você faz idéia do absurdo que é o fato de que mais de 50 em cada 100 mortos, faleceram por uma doença que poderia ter sido evitada por hábitos de vida melhores ? Não foi de tiro, porrada nem bomba; não foi por acidente de trânsito; não foi de dengue/chikungunya/zika. Foi por causa do cigarro, do açúcar, do macarrão, do óleo de soja/canola/milho/girassol/cártamo, da margarina, da salsicha, do iogurte light, do álcool, do pãozinho, do chocolate, do refrigerante, das balinhas, do sorvete, dos chips.

Ver isso tudo, e tendo um filho para chegar em menos de 1 mês, me assusta ainda mais. Qual ambiente alimentar o guri vai encontrar, em qual ambiente alimentar ele vai crescer ?

Outro dia, no consultório da ginecologista/obstetra, vi um folder de um laboratório comercial explicando para as mamães grávidas "o que é alimentação saudável":


Olha a pirâmide aí, gente!

Coma segundo a pirâmide alimentar! Aquela que o próprio governo brasileiro já descartou. 5 a 9 porções de carbos por dia, geralmente processados. E o mesmo folder fala para "comer menos alimentos processados". "Ah, mas alimento processado é sorvete e doce. Macarrão e pão, tudo bem". A-hã, Cláudia. Senta lá.

Dado esse tipo de conselho, não é à toa que vemos em tantas farmácias cartazes como esse:


Não dá para ler direito porque tirei a foto com o celular, de dentro do carro, a uma distância considerável. Mas transcrevo aqui: "Grátis! Medicamentos para diabetes e hipertensão. Economize até 90% em medicamentos para colesterol, osteoporose, asma, glaucoma, mal de Parkinson, anticoncepcionais, rinite e fraldas geriátricas".

Mesma tecla de sempre: Percebem a corrida desleal ? Nos empurram alimentos que VÃO NOS DEIXAR DOENTES, desde antes de nascermos, e aí oferecem remédios a "baixo custo". E relembrando a máxima de que "não existe almoço grátis", o "remédio grátis" sai do nosso bolso de contribuinte do mesmo jeito... Roubaram a nossa história, e continuam roubando nossa saúde, tempo e dinheiro.


  1. Não vão deixar de vender suco de caixinha, que tem mais açúcar que o refrigerante e ainda tem aura de "saudável"
  2. E as escolas com crianças maiores de 12 anos ? Ah, aí ta beleza né ?


As notícias de hoje me dizem que o Jamie Oliver vai assinar uma "linha de congelados gourmet saudáveis", da Sadia. 

Et tu, Jamie?

Ou seja: aquele mesmo Jamie que gritou aos 4 ventos sobre como a comida industrializada está nos matando, agora vai cobrar o olho da cara para empurrar para o público, usando da sua autoridade, mais lixo cheio de conservantes. Repitam comigo: 

  1. Empresas querem lucro. É a função básica delas.
  2. Lucro para manter uma empresa viva só se obtém com escala 
  3. Para ter escala em produção de alimentos, eles precisam durar muito na prateleira ou freezer
  4. Para ter durabilidade, é preciso conservar e manter as texturas
  5. Para conservar e manter as texturas, é preciso "bruxarias" químicas – ops, aqui já não temos mais comida de verdade...

Já deu para perceber que o futuro é meio sombrio, né ? Lembre-se sempre: a indústria nunca perde (aqui, aqui e aqui).

Se você não tomar o controle do rumo da sua saúde, ninguém vai fazê-lo por você...

Si oju ki o ri odi re. Abra seus olhos e reconheça seu inimigo.

Feliz aniversário para mim!

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores