Na cozinha

Eu postei as fotos abaixo no Instagram ontem, e um bocado de gente veio me perguntar sobre elas. Por que eu preparo esse monte de carne ao mesmo tempo ? Sou um carnívoro exclusivo ? 

O fato é que a minha logística é bastante corrida: família, trabalho, blog, faculdade, estágio (e espero voltar a malhar assim que o ombro deixar). Desta maneira, só me sobra um pouquinho de tempo para cozinhar aos fins de semana.

Geralmente a cada 15 dias, eu compro uma batelada de carne (10-12kg) e tiro uma tarde inteira para preparar. Sou um cara de hábitos simples, então não costumo fazer coisas lá muito elaboradas. Tenho duas panelas de pressão, quatro assadeiras, uma frigideira/grelha e um forno grandes (algum dia terei uma chapa e uma churrasqueira!). 

Tudo o que pode ser cozido, é cozido. Tudo o que pode ser assado, é assado. O que sobra (e geralmente é pouco) vai para a frigideira/grelha. Isso me poupa um tempo enorme, porque em pouco mais de 1h consigo ter 7-8kg de carne prontinhos – aí é só fracionar e congelar, para comer durante as próximas semanas.

Para as saladas, geralmente preparo legumes cozidos/ao vapor de véspera. Minhas refeições sempre têm ao menos um tubérculo (batata inglesa, batata-doce, mandioca ou inhame), algumas raízes (beterraba, cenoura, rabanete, nabo) e legumes (abóbora, abobrinha, pepino, berinjela, chuchu, repolho, brócolis, tomate e pimentão, em geral). Salada crua já faz tempo que não preparo em casa pelo fato dela ser, como já vimos, superestimada (em restaurantes higienicamente confiáveis, como bastante). As minhas sobremesas sempre têm 1 ou 2 frutas, então não faltam fibras (se é que elas são mesmo necessárias: aqui, aqui e aqui).


Bife de pernil temperado com alho e ervas finas, 
grelhado com óleo de babaçu

Bife de pernil temperado com vindalhos, 
grelhado com manteiga de garrafa

Acém com osso, cozido na pressão 
com alho e canela

Acém com osso, cozido na pressão com chumichurri.
A Nzinga, minha cadela, agradece por todos os ossos :-D

Linguiça picante, assada

Caldo de carne para fazer sopas e purês

À esquerda, bife de fígado temperado com alho e 
óleo de babaçu. À direita, bife de fígado temperado 
com cebola desidratada e gengibre em pó.

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores