Apenas aprendi a comer comida de verdade

Meu histórico com a obesidade começou na infância. 

Sempre fui uma criança gorda. Era totalmente viciada em biscoito recheado, bolos, doces... Os doces sempre foram meu maior vicio. Até que em 2005, pesando 150 quilos, sem a menor esperança de nada, descobri a cirurgia bariátrica. 

Na época foi vendida para mim como a solução dos meus problemas, e que na verdade eu só trocaria uma doença por outra – palavras do cirurgião bariátrico que me operou. Em maio de 2005 eu fiz e emagreci 50kg. 

Em 2008 após uma depressão pós-parto, voltei a engordar tudo de novo. Na verdade tinha cortado o estômago e não aprendido a comer. Em 2013 com mais de 130 quilos novamente, e sem a chance de fazer a bariátrica novamente, resolvi fazer o que sempre falavam: reeducação alimentar e atividade física. 

Procurei uma nutricionista que elaborou um plano e em 6 meses tinha eliminado 30kg. Só que chegou o platô e eu não conseguia mais emagrecer. Foi quando a nutricionista me apresentou ao low-carb, às boas gorduras, e minha redução de peso deu uma guinada impressionante. 

Não vivia mais com fome, me sentia satisfeita, nutrida e assim eu consegui eliminar mais 20kg. 

Confesso que foi difícil tirar todo o preconceito que eu tinha com as gorduras, mas à medida que eu emagrecia e me sentia alimentada, todos os medos foram indo embora. Até que enfim achei uma alimentação sustentável e para a vida toda. 

Percebi na verdade que era viciada em açúcar e carboidratos. Hoje consumo 150g deles dividos nas 3 refeições e vivo bem. Não sinto mais fome o tempo todo. Eventualmente eu como grãos, frutas, nada é radical para mim, não existe proibido. Eu apenas aprendi a comer comida de verdade, limpa, e é a comida de verdade que eu propago para minha família, quem me acompanha nas redes sociais. 

Menos industrializados, menos açúcar...





Daniela

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores