Minha disposição para viver é outra

Olá pessoal do Paleodiário, meu nome é Alexandre Bernardi, tenho 29 anos e estou cursando faculdade de Publicidade e Propaganda em Catanduva.

Hoje vou contar para vocês um pouco sobre minha história de emagrecimento.

Como a maioria das pessoas que contam seus casos por aqui, desde pequeno eu sempre fui gordinho e bem ativo. Jogava futebol quase todos os dias, andava de skate, brincava muito, mas também comia muita porcaria e o peso nunca me atrapalhou a praticar nenhuma atividade. Comecei a trabalhar e a ajudar meus pais muito cedo, então sempre tive meu dinheiro – e mesmo que pouco, dava sempre pra comprar uma besteira ou outra pra comer. O tempo foi passando e eu cada vez comendo mais porcarias e me exercitando menos. O resultado? Podem olhar na minha primeira foto ao ponto que cheguei: 152kg.


Agora, e antes


Na época não sabia por onde começar, não tive ajuda pessoalmente de ninguém, mas sempre fui determinado e gostava muito de ler. Estava muito frustrado, porque tinha tentado inúmeras vezes emagrecer e todas as vezes sem sucesso, emagrecia e engordava tudo de novo. Ai que me veio a idéia de começar a conversar com pessoas que conseguiram emagrecer e manter o peso para saber o que elas estavam fazendo e descobrir muitos erros que estava cometendo. Procurando por essas pessoas na internet, vi uma entrevista com o Dr. Souto e fiquei maravilhado. Na mesma hora percebi que havia outras pessoas preocupadas com alimentação de verdade, passei a ter coisas a mais para ler, aprender e ir melhorando cada vez mais a minha alimentação. Fiquei viciado em entender sobre dieta paleo, comprei muitos livros, traduzi muitos outros, cheguei a ler um total de 160 livros e e-books, fora os artigos que leio em todos os sites e blogs que posso durante o dia.

Resolvi à partir daí fazer o meu processo de emagrecimento ser uma conseqüência de uma alimentação saudável, a leitura diária me ajudou ficar focado e ir deixando de comer as porcarias industrializadas. A coisa mais difícil de abandonar foi o refrigerante, mas quando resolvi mudar meus hábitos foi a primeira coisa que pensei em tirar pra sempre da minha vida.

Hoje estou ainda em processo de emagrecimento com 97kg, as mudanças que fiz em minha alimentação se tornam cada dia melhores e dão resultados, melhoraram minha autoestima, meu sono, minha disposição para viver é outra.



Meu melhor conselho para as pessoas é para deixarem de ser preguiçosas e estudarem. Tenha alguns minutos do seu dia para pensar em sua saúde: a informação está ai de graça para todos. Sem entender o porquê de você deixar de comer determinados alimentos, ou como ele funciona dentro do seu corpo, é impossível continuar focado. Se aproxime de seres positivos, se ame mais, coma melhor, acerte mais do que erre e lá na frente o resultado será duradouro e satisfatório.

Quero agradecer primeiramente a minha família que sempre acreditou em mim; ao Hilton pelo belo trabalho que faz em seu blog e nos grupos paleo; ao Dr. Souto pela determinação em sempre buscar mais e mais conhecimento; ao meu amigo Thiago Cunha pelas dicas e ao Ivandélio Sanctus pelos excelentes vídeos. 

Abraços e espero que minhas fotos incentivem as pessoas a mudarem, basta querer!


Alexandre



Quer contar a sua história no Paleodiário ? Mande um email para paleodiario@gmail.com.

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores