O tratamento rápido e permanente da Queratose Pilar

Artigo traduzido por Juliana Whately. O original está aqui.

por Stefani Ruper


keratosis pilaris treatment by stefaniA queratose pilar é uma condição muito comum. Por minha melhor estimativa, pelo menos 15% das adolescentes e adultas americanas sofrem com isso. Felizmente, não provoca qualquer dano significativo na saúde, mas pode ser um incômodo, especialmente se você é exigente sobre a aparência da sua pele.

Queratose pilar é um nome chique para uma condição nada chique. É comumente chamada de "pele de galinha" – porque isso é exatamente o que parece. Apresenta-se como manchas pequenas, duras, que muitas vezes estão inflamadas ou vermelhas, e secas, nos braços. 

Outros locais comuns são as costas, coxas, nádegas e face.

A maioria dos sites recomendam curas tópicas para tratamento de queratose pilar. Eles recomendam esfoliante (que pode definitivamente ajudar) e hidratante (que também pode ajudar). Vou falar um pouco sobre esses métodos no final do post.

No entanto, por enquanto – absolutamente a coisa mais importante de saber sobre o tratamento da queratose pilar é que ele deve começar de dentro.

Você pode fazer pequenas mudanças na qualidade de sua pele com fatores externos, mas você nunca vai experimentar a liberdade de longo prazo sem queratose pilar sem acabar com as condições subjacentes em seu corpo que a causam, em primeiro lugar .

O segredo para o tratamento da Queratose pilar


A verdade secreta da queratose pilar, que lamentavelmente quase ninguém sabe, é que é principalmente um resultado de deficiências nutricionais.

Muitos nutrientes desempenham um papel na saúde da pele. No entanto, há três nutrientes que são extremamente importantes para a qualidade de sua pele: vitamina A, vitamina D e vitamina K.

Você precisa das vitaminas A, D e K (as "vitaminas lipossolúveis") para tantas funções corporais que é impossível contar. Um dos principais é a manutenção da membrana celular. A pele precisa desses nutrientes solúveis em gordura, a fim de ter membranas saudáveis ​​(que são feitas de gordura).

Todos as três vitaminas são infimamente raras na dieta moderna.

A vitamina A é rara porque mesmo que você pense que você está ingerindo cada vez que você come uma cenoura (o pacote sempre diz "boa fonte de vitamina A!"), você está, infelizmente, sendo enganado. Cenoura não tem vitamina A. Nem quaisquer outros alimentos vegetais. O que esses alimentos contêm, em vez disso, é beta-caroteno.

O beta-caroteno pode ser convertido em vitamina A no seu intestino pela flora intestinal, mas se você não tem a flora intestinal boa, simplesmente não vai acontecer. Infelizmente esse é o caso de um monte de gente hoje. A flora intestinão não é tão robusta quanto poderia ser.

Assim, muitas pessoas estão deficientes em vitamina A. A única fonte robusta da verdadeira vitamina A na dieta é carne de órgãos, principalmente fígado. A maioria das pessoas se assustam com a idéia de comer fígado. No entanto, as culturas ancestrais valorizavam o fígado acima de quase todas as outras partes do animal. Presumivelmente, isso é porque eles descobriram como é importante para a saúde.

Se você não pode tolerar a idéia de comer o fígado duas vezes por mês (mas você deveria porque é delicioso), você pode tentar um suplemento de fígado desidratado.

Você também pode obter a vitamina A a partir de óleo de fígado de bacalhau, que é realmente um suplemento melhor para a absorção de vitamina A, especificamente porque o óleo é a forma ideal para uma vitamina lipossolúvel. (Fígado desidratado é o melhor para um monte de outros nutrientes, porém, incluindo a rara e importante colina).

A vitamina D é tão rara hoje em dia porque as pessoas não ficam fora de casa o suficiente. A principal fonte de vitamina D para o corpo humano é a exposição solar: o corpo sintetiza a vitamina D após exposição a raios UV (e sem FPS).

Na história da humanidade, as pessoas passavam quase todo o seu tempo fora de casa. Hoje, as pessoas têm sorte se conseguir algumas horas fora uma ou duas vezes por semana. Esta é uma diferença enorme e ela aparece.

A deficiência de vitamina D é uma epidemia incrível e isso não afeta apenas a saúde da pele, mas também a saúde do sistema imunológico, a sua capacidade de combater o câncer, sua saúde intestinal e seu humor. A deficiência de vitamina D é uma das principais causas da depressão, especialmente nos meses de inverno.

Você pode melhorar o seu nível de vitamina D, certificando-se de obter 20 minutos de exposição ao sol do meio-dia, todos os dias (no mínimo), ou tomando qualquer suplemento de vitamina D, ou o suplemento de óleo de fígado de bacalhau. O óleo de fígado de bacalhau mata dois coelhos com uma cajadada só (e veremos que na verdade, são três).

A queratose pilar muitas vezes é pior nos meses de inverno. A maioria das pessoas acha que é porque o ar é mais seco no Inverno. Isto é verdade – é importante. Mas não é a história toda. O que muitas pessoas, incluindo dermatologistas, não estão cientes, é de que é também porque há menos luz solar no inverno e queratose pilar é altamente dependente a produção de vitamina D.

Mesmo se você receber a luz solar no verão, é importante cuidar de si mesmo com os suplementos que eu mencionei acima no inverno!

Finalmente, a vitamina K é rara na dieta hoje por alguns motivos. Uma delas é que as pessoas não comem carnes de órgãos mais e carnes de órgãos são uma das únicas boas fontes de vitamina K2.

Outra razão é que a maioria dos animais de hoje são criados com produtos de grãos e outros pedaços aleatórios de alimentos em vez de grama. No entanto, a grama é a dieta natural para vacas, bisões e outros ruminantes. A carne de mais alta qualidade vem das vacas que comem grama especificamente porque permite-lhes produzir os nutrientes corretos que eles precisam.

A vitamina K2 pode ser encontrada em manteiga de gado de pasto, mas não pode ser encontrado em manteiga de gado alimentado com cereais. Assim, você pode aumentar sua ingestão de vitamina K (K2, especificamente), obtendo um pouco de manteiga de gado de pasto em sua dieta.

Se você não pode fazer isso, então você definitivamente pode considerar o suplemento de óleo de fígado de bacalhau que mencionei anteriormente. Porque não só tem óleo de fígado de bacalhau e vitaminas A e D, mas também tem de óleo de manteiga de alta qualidade adicionado, que é rico em vitamina K.

É assim que o óleo de fígado de bacalhau fermentado mata três coelhos com uma cajadada só.

Mais mudanças dietéticas que podem ajudar no tratamento da queratose pilar


As vitaminas A, D e K são as vitaminas mais importantes para ter a pele saudável e eliminar a queratose pilar. Eu não posso te dizer o número de pessoas que eu conheço – realmente, é um número grande! – que adicionaram óleo de fígado de bacalhau fermentado para suas rotinas diárias e tiveram uma significativa melhoria da sua queratose pilar, se não se livraram dela completamente.

No entanto, existem outras maneiras de ajudar a queratose pilar com sua dieta: uma é se concentrar na densidade de nutrientes e a outra é eliminar alimentos inflamatórios.

Densidade nutricional

Os alimentos mais ricos em nutrientes são ovos, carnes orgânicas, manteiga de gado de pasto (ou ghee), peixes de água fria como salmão, e semelhantes. Legumes e frutas também são altamente nutritivos.

Vegetais verdes em particular tem grande quantidade de nutrientes, embora uma variedade enorme de outros vegetais possa realmente fazer maravilhas.

Por isso, é importante incluir esses alimentos em sua dieta regulamente. Eu recomendo comer pelo menos um a dois ovos por cada dia, pelo menos duas porções de vegetais verdes por dia, pelo menos uma porção de alimentos fermentados todos os dias, carne de órgãos pelo menos duas vezes por mês, e peixe pelo menos 2-4 vezes por mês.

Além de simplesmente adicionar alimentos ricos em nutrientes em sua dieta, também é incrivelmente importante eliminar os alimentos que bloqueiam a absorção de nutrientes.

De longe, os alimentos que mais bloqueiam a absorção de nutrientes são os grãos.

Produtos feitos de grãos – como pães, massas, cereais e semelhantes – contêm uma quantidade elevada de um grupo de moléculas chamadas fitonutrientes. Os fitonutrientes são insidiosos. Eles se ligam com os nutrientes que seu corpo precisa, como o cálcio, em seu intestino, e elimina-os do seu corpo com suas fezes.

Então, se você comer uma tigela de couve, mas, em seguida, comer um pedaço de pão, você vai absorver uma parcela significativamente menor dos nutrientes da couve que você absorveria se você comesse a couve apenas.

Isso é uma coisa muito real e tem efeitos trágicos sobre a saúde das pessoas regularmente.

Alguns outros alimentos que têm quantidades relativamente elevadas de fitonutrientes são leguminosas e castanhas. Felizmente, se você deixar de molho e germinar suas leguminosas, castanhas e até mesmo os grãos (aqui está um guia sobre como fazê-lo), você reduzirá o teor de fitonutrientes e pode comê-los com relativa segurança.

No entanto, esse é um processo demorado e maioria das pessoas não fazem. Se você não tem o tempo para fazê-lo, você deve evitar grãos na maior parte do tempo. Isso vai ajudar significativamente o seu corpo absorver os nutrientes que necessita.

Alimentos inflamatórios

Os alimentos que causam inflamação são uma grande maneira pela qual sua pele pode ficar instável, ser muito seca ou muito oleosa, e tornar-se vermelha ou descolorida.

Os alimentos mais inflamatórias são gorduras trans, ômega 6 (óleos vegetais, óleo de canola, óleo de milho, óleo de soja, óleo de girassol, óleo de cártamo, óleo de germe de trigo e artigos semelhantes), açúcares adicionados e grãos. Estes todos são comuns em alimentos processados.

Faça o seu melhor para evitar os alimentos processados, frituras, sobremesas e grãos. Isso pode ser um longo caminho para curar a sua pele... e não apenas a queratose pilar! ... E o resto do seu corpo, também!

E uma dica de dieta final: controle de proteína

Às vezes as pessoas comem dietas perfeitamente saudáveis ​​e ainda lutam cotra a queratose pilar. Por que?

Uma das coisas mais importantes que eu fiz para minha própria queratose pilar (além de obter vitaminas adequadas A, D, K e por tomar este suplemento), foi reduzir a quantidade de proteína que eu comia.

Agora, eu não recomendo que todo mundo reduza a sua ingestão de proteínas. A ingestão de proteína, para as mulheres, pelo menos, deve ser cerca de 50-100 gramas de proteína por dia. Isso é o equivalente a cerca de 2-4 latas de atum, para uma referência de tamanho. Se você comer dentro desse intervalo, você provavelmente está bem.

Eu, pessoalmente, costumava comer o máximo desse intervalo, por vezes mais. Eu cortei minha ingestão de proteína para cerca de 50 gramas por dia e os danos na minha pele reduziram-se drasticamente. A proteína está envolvida numa série de tipos de processos de "construção" no corpo e, de fato, desempenha um papel importante na produção de queratina.

Portanto, esta provavelmente não é a solução para a maioria das pessoas, realmente não é, mas para as pessoas que comem dietas ricas em proteínas, que é comum em paleo, é definitivamente algo que vale a pena considerar.

Tratamento da Queratose pilar: ajuda tópica


Os tratamentos tópicos para queratose pilar não são a coisa mais importante, mas certamente podem ajudar.

Existem duas coisas a fazer: esfoliar bem e hidratar.

Tratamento da queratose pilar: Esfoliar

A esfoliação pode ser feita no chuveiro com um bucha ou com uma esponja orgânica limpa e grande. 

No entanto, talvez seja melhor se você fizer esfoliante a seco. A escovação a seco não só ajuda a remover a pele seca, velha, que é o que você faz no chuveiro, mas também ajuda a ativar o sistema linfático, que é ótimo para estimular o sistema imunológico e aumentar a capacidade de cura do seu corpo.

Se for em seus braços, escove para cima – para ter a linfa se movendo na melhor direção para a saúde imunológica.

Use uma escova orgânica grande e gostosa.

Tratamento da queratose pilar: Hidratar

Hidratar bem também pode ajudar com o tratamento da queratose pilar, embora seja o último da lista depois de ajustar sua dieta, suplementando bem, e esfoliando.

Há muitos hidratantes diferentes que você pode tentar, no entanto, os melhores hidratantes para queratose pilar são os que contêm vitaminas.

Meu hidratante favorito em todo o planeta, e acredite em mim quando eu digo que eu tentei a maioria deles, é o Beauty Balm da Green Pasture. Ele contém vitaminas A, D, K, bem como o antimicrobiano óleo de coco.

Basicamente: incrível.

Eu aplicar o hidratante apenas no meu rosto e na parte de trás dos meus braços (onde estão as lembranças da minha queratose pilar), para poupá-lo apenas para as áreas mais especiais onde eu mais necessito.

Tratamento da queratose pilar: resumo


Muitas pessoas oferecem diferentes truques para ajudar a curar a queratose pilar.

No entanto, a coisa mais importante sobre a queratose pilar é o que eles estão esquecendo: é que você precisa de nutrientes – e, especificamente, vitaminas A, D e K – a fim de realmente superá-la para sempre.

Você pode obter sua vitamina A, D, e K dos alimentos que eu mencionei acima. Você também pode obter todos os três a partir de suplementos, óleo de fígado fermentado (em cápsulas).

Você também pode obter todos os nutrientes que faltam que você realmente precisa de um suplemento de fígado desidratado.

E você pode ajudar a curar seu intestino e inflamação com probióticos.

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores