Sem adoçantes

Nas últimas semanas, inconscientemente eu deixei de consumir adoçantes artificiais. Comprei alguns mamões extremamente doces, passei a consumir saladas de frutas (mamão, banana e maçã) com cacau em pó. Como a mistura já ficou naturalmente doce, o adoçante ficou de lado desde o dia 01/06. O resultado prático foram 600-700g a menos na balança.

Pode ser apenas correlação, é claro. Afinal, ganhar ou perder 700g é muito fácil: qualquer abuso nos carboidratos e você estoca glicogênio hidratado. Mas o caso é que eu aumentei os carbos (as saladas de frutas diárias, no almoço e no jantar), e ainda assim o peso desceu

Fiquei me lembrando daquele artigo sobre adoçantes que o Dr. Souto citou ano passado. Nele, um estudo preliminar (e de pequeno porte, embora muito bem-feito) mostrou que adoçantes como a sacarina tem efeito direto sobre a microbiota intestinal de ratos e humanos, causando resistência à insulina e ganho de peso.

É bem verdade que há outra variável aí: o iogurte, que eu estava tomando aos litros (o adoçante era para adoçá-lo). Na última semana, não tive tempo de fazer mais (fim de semestre na faculdade é fogo!)



Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores