O extraordinário é comum – basta darmos uma chance a nós mesmos

O texto abaixo foi compartilhado pelo André Cruz, e dá uma boa idéia do quão lascados nós estamos enquanto sociedade – no que tange a alimentação e exercício físico.

por Josh Morris



Esta é uma foto de um homem da ilha de Vanuatu. De aparência forte, saudável e esguia, certo ? Bem, é claro que ele é. Vendo esse cara numa academia de ginástica, a maioria das pessoas gostaria de saber qual é o seu plano de treino, quantas vezes ele malha por semana, quantas séries e repetições, etc. Por que você não gostaria de ter essa aparência ? É claro que você devia fazer o que ele faz.

Você não vai encontrá-lo numa academia, entretanto. Vai achá-lo no seu ambiente nativo. Pescando, caçando, brincando, movendo-se naturalmente. Eu acho que o maior segredo do fitness é que não há segredo. Quando comemos o que um humano foi selecionado para comer, quando nos movemos da maneira como um humano foi selecionado para mover-se, então podemos alcançar condicionamento e saúde de verdade. Todos temos um potencial extraordinário para sermos esguios e fortes.

Infelizmente, somos ensinados desde idade tenra qual é a aparência que "forte" deve ter – cortesia das baboseiras que as empresas do fitness nos empurram. Maior = Melhor, e o único jeito de atingir isso é gastar incontáveis horas na academia puxando ferro. Tal número de repetições, com tal peso, entremeado de tanto tempo de descanso. Ah, e não se esqueça de engolir o shake de proteína 30 minutos depois, ou todo o seu esforço foi em vão.

Não caia nessa. Tudo o que nos ensinaram sobre fitness vem de cerca de 50 anos de pensamento distorcido, quando na realidade você tem dentro de si todas as ferramentas para ser formidável.

É por isso que digo a meus clientes que vamos "brincar", e não "nos exercitar". O meu trabalho é olhar para a técnica deles e corrigir as ineficiências, mas mais importante que isso é libertar a mente deles do fitness moderno. Sim, há momentos em que a tecnologia é ótima para o treino, especialmente para atletas de alto nível competitivo – mas para os 98% restantes, nós simplesmente precisamos aprender a nos mover e a brincar novamente.

Seja livre, mova-se bem e com frequência, e o que você pode tornar-se é extraordinário.

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores