O que a pílula está fazendo com a sua libido?

Artigo traduzido por Jussara Simões. O original está aqui.

por Lara Briden


pill is bad for libido Doutores, por favor, parem de receitar pílulas anticoncepcionais indiscriminadamente a garotas adolescentes. É somente uma solução paliativa para sintomas como acne e SOP, e como já escrevi aqui várias vezes, não ajuda em nada a restaurar o equilíbrio hormonal.

Não importam a queda de cabelo, a depressão, e o ganho de peso que o contraceptivo hormonal causa. Há algo de maior importância para jovens mulheres: a pílula reduz drasticamente a libido, provavelmente para sempre.

Esse 'para sempre' é muito preocupante, principalmente quando estamos falando sobre garotas adolescentes. O pesquisador Dr. Irwin Goldstein diz:

Quando [mulheres] param de tomar pílula, nós esperamos que sua função sexual retorne completamente. Mas não é isso o que temos visto. [1]

A pesquisa do Dr. Goldstein mostrou que mesmo o uso da pílula por pouco tempo (alguns meses) pode causar elevação anormal permanente de uma proteína chamada SHBG (Globulina Ligadora de Hormônio Sexual), que afeta os níveis de testosterona.

Se uma garota começar a tomar pílula aos 15 anos, ela nunca – em sua vida inteira – vai saber como é ter uma libido normal? Não deveríamos nos atentar para a perda da libido de jovens mulheres? 

Uma rápida busca na internet traz algumas citações nos reafirmando que esse “efeito-da-pílula-na-libido” é um mito. Eu adoraria acreditar nisso, contudo, vejo o problema de novo e de novo no consultório. Eu converso com jovens mulheres que sofrem silenciosamente de baixa libido. Foi dito a elas que “não pode ser a pílula”, então elas acabam culpando a si mesmas. Isso me entristece. As mulheres não deveriam ter que aguentar uma baixa libido. Acredito que todas as mulheres – até mesmo jovens mulheres – têm direito a libido.

Espero que haja algumas de vocês usuárias de pílulas por aí que não tenham tido sua libido reprimida pelo seu uso. Se sim, espero saber de vocês na seção de comentários. Eu QUERO ser convencida de que o problema não é tão grave quanto penso que é.

Abaixo estão algumas soluções Sem-a-Pílula. Vou dar maiores detalhes sobre tratamento nos próximos posts.

Ajuda não-hormonal para problemas menstruais



Contraceptivos não-hormonais


Como expliquei no meu mais recente protesto contra a pílula, os melhores métodos contraceptivos são os preservativos, a Regulação Natural da Fertilidade e o DIU não-hormonal.

Preservativos são fantásticos contraceptivos, e também protegem contra doenças. Para segurança adicional, por favor, aprenda a reconhecer seu 'muco cervical do período fértil'. O muco fértil aparece apenas alguns dias por mês, e quando você o notar, é exatamente o período em que você não vai querer um preservativo estourado. Você deve se abster completamente nesses poucos dias.

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores