Resolvi me dar mais uma chance

Olá, meu nome é Renato Aguiar e o Hilton me convidou para contar um pouco sobre o meu processo de emagrecimento: eliminei 34kg em 1 ano com paleo/low-carb.

Em Novembro de 2013 eu pesava em torno de 113kg, estava cansado de procurar soluções para emagrecer, prestes a desistir e me conformar em permanecer gordo. 

Ao realizar algumas pesquisas na internet, encontrei o site Emagrecer de Vez, no qual o Rodrigo Polesso falava em um método simples que prometia um emagrecimento natural e duradouro, sem aquele efeito sanfona e sem medicamentos.

Eu resolvi me dar mais uma chance e apostei no que ele falava em seu vídeo de vendas e comprei o livro. Após a leitura de todo o conteúdo, eu comecei a colocar em prática. 

No começo pode parecer loucura o que ele descrevia no livro, pois não precisaria ficar com medo das gorduras saturadas, podia comer ovos, bacon, falava em uso de banha de porco, azeite, manteiga, óleo de coco, abacate.

No senso comum, tudo isso era o vilão da nossa alimentação, mas como eu sempre fui desconfiado do senso comum, coloquei em prática sem me importar com o que as outras pessoas iriam falar. A minha esposa (Luana), que também estava obesa, resolveu me acompanhar neste novo estilo alimentar.

No primeiro mês já tínhamos eliminado em torno de 10kg cada um e percebi que aquilo poderia ser a minha salvação e que tudo que eu estava lendo fazia sentido. Então comecei a pesquisar além do livro e foi quando cheguei ao Dr. Souto através do seu blog e vi um mar de conteúdo por ele disponibilizado. Ao invés de devorar comida, comecei a devorar seus artigos e fiquei ainda mais convencido de que o estilo de vida paleo/low-carb era a melhor alimentação a ser seguida – não só pelo fato de perder peso, e sim de ganhar saúde.

Continuei minhas pesquisas e cheguei até o site do Hilton, o Paleodiário, que também tem um conteúdo riquíssimo sobre nutrição. E graças à iniciativa do Hilton e do Elton, que promoveram em Belo Horizonte uma palestra com o Dr. Souto, tive a oportunidade de participar e ver de perto uma exposição de 3 horas com um conteúdo que vale por uma faculdade de Nutrição.

Renato e Dr. Souto


Desde então não passo um dia sem consultar o blog do Dr. Souto e o Paleodiário para me manter sempre atualizado.

Nesta mudança de hábito, pude perceber o quanto é simples alimentar-se de forma correta – pois não preciso contar calorias, não preciso comer de 3 em 3 horas, não preciso me preocupar com lanches. 

Minhas compras ficaram mais baratas e simples de se fazer, pois vou ao sacolão ou feira-livre e compro verduras, legumes, frutas e ovos, depois vou ao açougue e compro minhas carnes. Pronto, 90% do que preciso para me alimentar eu encontro em qualquer esquina. Alguns produtos eu compro pela internet, pois encontro preços melhores e mais variedades (por exemplo, óleo de coco, castanhas, sal rosa, farinha de coco e alguns temperos).

Vou dar uma dica se você faz compras no supermercado: evite os corredores e prefira a área periférica, onde fica a comida de verdade.

A comida de verdade fez parte da nossa evolução durante 99% do tempo, e só agora apareceu esse monte de lixo que são vendidos nos grandes supermercados. Nos tempos das nossas avós, bisavós, não existiam obesidade, diabetes, infartos, e demais doenças crônicas que afetam milhões de pessoas nos dias atuais, e quem se aproveita disso são as indústrias alimentícia e farmacêutica que lucram com a falta de informação da população. Uma te contamina com produtos alimentícios sem valor nutricional e a outra cria medicamentos para camuflar os sintomas causados por uma má-alimentação, e isso se torna um ciclo vicioso.

Como se libertar?

Basta se alimentar com comida de verdade, ou seja, plantas e bichos, assim como nossos ancestrais sempre fizeram durante a evolução humana.

Com uma alimentação paleo/low-carb você manterá a sua insulina baixa, e com isso você terá um controle no apetite, não irá inflamar o seu organismo e ele irá trabalhar normalmente para manter o peso ideal e saudável de acordo com a evolução humana.

Neste processo que durou pouco mais de 1 ano eu eliminei 34kg, ou seja, eu estava com 113kg em Dezembro de 2014 e hoje 22/02/2015 estou com 79kg.



Um emagrecimento natural, com comida de verdade e exercícios funcionais feito em casa mesmo e muita leitura.

Com esse resultado venho inspirando e incentivando várias pessoas a seguirem o mesmo caminho e graças a Deus venho ajudando muitas pessoas a terem resultados que nunca tinham alcançado antes.

Eu indico para as pessoas que queiram ter sucesso em um emagrecimento saudável é estudar muito sobre o assunto para saber o que se está fazendo e ter foco, persistência, pois com no máximo 3 meses de alimentação paleo você estará adaptado ao novo estilo, e daí para frente é só manter a alimentação sem preocupação em contar calorias e quantidade, preocupando-se sempre com a qualidade.

Eu indico para as pessoas que leiam alguns livros sobre o assunto:



Também que acessem diariamente o site do Dr. Souto e o Paleodiário.

Eu tenho uma conta no Instagram (@emagrecendonaturalmente) na qual coloco um pouco dos meus estudos e da minha rotina.

 Se eu posso, você também pode! 

Basta colocar em prática e ter persistência.

Obrigado Hilton pela oportunidade, estou à disposição para ajudar mais pessoas a conquistarem uma vida mais saudável.



Renato

Recomendado para você

Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores