Agora a parada ficou séria!

Umas semanas resolvi instalar umas barras melhores para fazer pull-ups/chin-ups e dips. Achei um serralheiro porreta aqui em BH, passei a especificação e ele produziu do jeito que eu queria. A encomenda foi entregue na segunda-feira passada, e hoje foi o dia de instalar.

Feliz feito pinto no lixo!

A barra grande está a 2.10m do chão, então dá para fazer pull-ups/chin-ups (e futuramente, muscle-ups!) com os braços em extensão máxima, sem ter que ficar dobrando os joelhos (o que eu precisava fazer quando usava a barra da porta da cozinha). Pedi para o serralheiro colocar uma segunda barra mais interna, para conseguir fazer chin-ups com os punhos rotacionados também (não sei qual o nome anatômico da posição). Também pedi dois ganchos para pendurar argolas (embora para argolas, 2.10m seja pouco), TRX, o que for.

A barra de dips fica a 1.15m do chão - exatamente a medida certinha para eu fazer dips completos. Como os canos paralelos são grandinhos, dá para apoiar os antebraços inteiros neles, e fazer elevações de pernas.

Os tubos tem 30mm de diâmetro, então a pegada é bem confortável. Eu devia ter pintado antes de instalar (elas estão apenas cobertas com zarcão), mas a fissura não permitiu. Depois compro tinta spray e dou jeito (espero não sujar a parede :-)

Fixei ambas com parafusos de 5mm de bitola e 10cm de comprimento (cabeça sextavada). A barra grande tomou 8 parafusos. A pequena, 6.

Pense num dinheiro bem gasto! Se alguém aí se interessar, posso pensar em uma maneira de fazer com que elas sejam desmontáveis (as minhas não são) e mando pelo correio. Fazemos qualquer negócio, e acredito que cubro fácil o preço do MercadoLivre para uma barra de CrossFit :-D

Eu nem contei quantas barras e dips fiz hoje... Estava tão empolgado que fui fazendo, fazendo, fazendo e quando vi já estava com os braços moles.

Feliz maromba para todos! 

Recomendado para você

11 comentários

Click here for comentários
eloigonc
admin
11 de agosto de 2014 11:08 ×

Você sempre nos inspira e ensina muito.
Eu também não gosto de academias e já gastei dinheiro a toa lá. Pra mim não dá resultado (pq não vou mesmo rs). Eu gostaria de saber como vc faz pra montar seus treinos, quais as bases, sites, estudos que consulta. Quero começar a treinar em casa, assim como foi com o estilo paleo, qu estudei e comecei (uns dias difíceis no começo, hoje, 5 meses depois, só alegrias, 18Kg a menos)

Reply
avatar
Teimosia
admin
11 de agosto de 2014 14:28 ×

Olá, Eloi

Eu baseio os meus treinos no programa do Mark Sisson: http://www.paleodiario.com/2013/10/um-plano-de-malhacao-tao-simples-que-um.html

O que estou fazendo, no momento, é adicionar carga levemente (+1kg a cada 2 semanas, mais ou menos). Eu já fiz 2 cirurgias no ombro direito, então não posso sair pegando peso feito louco não - é receita para o desastre.

Geralmente, alterno malhação de braços e pernas em dias distintos, para dar tempo de descansar os grupos musculares - 20 minutos intensos por dia. Vou assim de segunda a sábado. No domingo, faço treino de sprints (subo as escadas do prédio correndo, algumas vezes). Esporadicamente, jogo capoeira (não sobra muito tempo para isso hoje em dia).

É o mais eficiente ? Não sei, provavelmente não. Mas tem funcionado bem para os meus propósitos :-)

Reply
avatar
11 de agosto de 2014 16:45 ×

Muito bom! Parece perfeito!!!, pena que não sou suficientemente organizado para malhar em casa.....prefiro a academia do condomínio......
Sou engenheiro e projetista, caso queira, posso projetar o kit desmontável para você sem custo e seria uma forma de agradecer tudo o que tenho aprendido neste blog!!

Reply
avatar
Teimosia
admin
11 de agosto de 2014 16:53 ×

Olá, Marcos

Me mande um email, que a gente conversa! paleodiario@gmail.com

Atenciosamente,
Hilton

Reply
avatar
Christian
admin
11 de agosto de 2014 18:22 ×

Oi, Hilton!

Eu estava lendo o artigo sobre o plano de malhação e fiquei com uma dúvida. Existe algum texto aqui no site que descreva o protocolo de sprints em detalhes? Por exemplo: níveis de dificuldade, frequência e duração dos tiros, distância a percorrer, tempo de descanso etc. Se sim, qual o link para ele?

Obrigado!

Reply
avatar
Teimosia
admin
12 de agosto de 2014 08:45 ×

Olá, Christian

Tem uma bom artigo aqui, explicando a base do protocolo Tabata: http://www.fat-new-world.com/2011/09/o-protocolo-de-tabata-melhore-sua.html

As minhas séries estão sendo de 30s (para subir 5 andares), com mais uns 30s de descanso (descendo a passo normal). Com essa intensidade, ganhei 11% de VO2 do ano passado para cá (estou acreditando no fato de que, como as medições de 2013 e 2014 foram no mesmo laboratório, o erro é constante).

Não é o mais eficiente, de acordo com a teoria, mas tem funcionado bem. E até hoje, o máximo de séries que consegui foram 5 :-)

Reply
avatar
Christian
admin
12 de agosto de 2014 20:23 ×

Ótimo artigo, Hilton! Agradeço pela indicação!

Entendi. Parece-me interessante esse seu treino. Vou pensar num para mim mais ou menos nesses termos. Eu pretendo fazer, para começar, tiros de curta distância em linha reta. Acho que esse treino vai ajudar-me a atingir os meus objetivos cárdio-respiratórios. Talvez, 6 tiros de 30s com descanso ativo de 30s (caminhada) entre eles.

Reply
avatar
Teimosia
admin
13 de agosto de 2014 10:51 ×

Faça o experimento por algum tempo e conte-nos os resultados!

Reply
avatar
14 de agosto de 2014 21:47 ×

Hilton, que tal uns videos de "MAROMBA DIARIA" mostrando as barras

Reply
avatar
Teimosia
admin
15 de agosto de 2014 08:20 ×

Huahuahua. Acho meio pagação de mico, mas se tiver coragem, eu faço :-)

Reply
avatar
Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores