Semana do Guerreiro: Dia 4

Ontem, antes de dormir: 65.2kg
Hoje, ao acordar: 64.6kg
Hoje, antes do almoço: 64.1kg 

Perdi 2kg desde domingo, o que indica que o excesso de frutas e mel nas férias está indo embora...

A única novidade é que estou pensando seriamente em adotar refeições a cada 24h como padrão na minha vida, ao menos por um tempo. A clareza de pensamento que dá é fenomenal - eu, que trabalho com computadores o dia inteiro, estou achando uma maravilha.

Percebi que a frequência de idas ao banheiro não se alterou, apesar de agora as refeições serem raras e enormes. Nas idas, sinto o intestino um pouco mais solto, mas nada que incomode. E como não vou a toda hora, está tranquilo.

O almoço de hoje foram 870g + sobremesa:

  • Caldo de inhame
  • Repolho roxo
  • Pepino cozido
  • Chuchu cozido
  • Chã-de-dentro (era uma peça enorme, parece que nunca vai acabar :-)
  • Linguiças
  • Queijo
  • Torresmos
  • Alface americana (se faltar em casa, a filhota chora...)



A sobremesa, obviamente, foi abacate amassado com mel, coco ralado e passas. Se você nunca experimentou, está perdendo uma das boas coisas da vida.

A maromba de hoje foi:
  • Flexões: 20, 20
  • Dips: 12, 10
  • Pull-ups: 12
  • Chin-ups: 5
  • Agachamentos: 30
  • Elevações de quadril com 1 perna: 15
  • Burpees: 10
  • Abdominais: 30
  • Remadas inclinadas: 12

Recomendado para você

8 comentários

Click here for comentários
10 de julho de 2014 23:13 ×

Depois que reduzi as refeições para duas ao dia e tornei o jejum de 24 horas um evento semanal, eu observei alguma euforia e maior clareza de raciocínio, sobretudo para cálculos mentais e soluções de problemas profissionais (sou arquiteto). Pensei que estive viajando na maionese, mas pesquisando na net encontrei relatos semelhantes (como o seu agora). E para minha surpresa, o neurologista David Pelmutter (“A dieta da mente….”) relata que em um determinado grupo de indivíduos selecionados dentre os participantes do famoso “estudo de Framingham”, pesquisadores encontraram indícios de correlação direta entre os níveis de colesterol e a capacidade cognitiva. Então não é viagem, faz mesmo todo o sentido.

Reply
avatar
11 de julho de 2014 08:46 ×

Ta chegando. ..segunda começo o meu. Minha ideia é a seguinte. No dia em que so treino remo pela manha vou almoçar as 14h....e ver se aguento ir até o outro dia. No dia que for só jiujitsu pela noite. Almoço nesse mesmo horário e como algo pela noite. A parada dificil é no dia em que remo e luto. ..ai nao sei se o corpo aguenta. Talvez esse metodo seja dificil de encaixar na minha rotina esportiva...seria mais pra quem faz musculação. ...e pelo final da tarde. De qualquer forma vou testar...pois essa copa pra mim foi de muita cerveja e 2kg a mais...

Reply
avatar
Teimosia
admin
11 de julho de 2014 08:58 ×

O melhor jeito de descobrir é testando!

Reply
avatar
11 de julho de 2014 11:21 ×

posso fazer essa over refeição pela manhã ?

Reply
avatar
Teimosia
admin
11 de julho de 2014 14:12 ×

Eu não vejo problemas. O seu caso vai ser tão "errado" quanto o meu :-)

Reply
avatar
Ana
admin
11 de julho de 2014 21:45 ×

Pelo que eu saiba, jejum não funciona bem para as mulheres, não é mesmo? (li isso aqui no blog).

Outra questão: você faz algum tipo de alongamento?

Reply
avatar
Teimosia
admin
11 de julho de 2014 22:09 ×

Olá, Ana.

Os efeitos do jejum variam de pessoa para pessoa. Na média, as mulheres podem ter mais problema com ele sim. Por isso é que é importante respeitar os limites do corpo... Se algo está te fazendo mal, pare!

Não costumo me alongar para atividades de força não. Já para jogar capoeira, eu me alongo bastante...

Reply
avatar
Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores