A médica: 'Você está fazendo uma dieta LCHF ou algo do tipo ?'

Artigo traduzido por Hilton Sousa. O original está aqui.


Muitas pessoas com obesidade ou diabetes passam por melhorias incríveis de saúde com menos carboidratos em suas dietas. Mas você ainda pode se sentir um pouco nervoso em uma consulta. O que os testes dirão ?

Uma leitora me mandou uma história sobre o que pode acontecer.

O email:

Olá,

Eu queria apenas agradecer pelo excelente blog e trabalho, e para deixar outro testemunho aqui.

Tenho síndrome do ovário policístico (SOP), e tenho tido resistência à insulina e glicemia flutuante pelos últimos 25 anos. Fiz check-ups anuais para diabetes tipo 2 por 20 anos, e lutei com o meu peso - mas não fui capaz de mantê-lo comendo menos. Pressão sanguínea, perfil lipídico e testes hepáticos sempre estiveram anormais e fui orientada a tomar medicação como metformina. No inverno de 2012, mais de 1 ano atrás, queriam que eu tomasse Januvia (antidiabético). Eu estava pesada e me sentia miserável. Mas não queria começar a tomar remédios, então ao invés eu comecei a comer uma dieta de baixo índice glicêmico, LCHF.

Fiz um tipo de LCHF moderada, ou seja, comi carboidratos mais complexos em menor quantidade, e aumentei as quantidades de gordura saturada e poliinsaturada. Mais vegetais e muito peixo. Mas também muitos ovos, laticínios integrais, e mantinha a gordura da carne. Nenhum produto de baixa gordura. Mas algumas frutas.

Eu estava muito insegura sobre o que meus números iriam mostrar, e não tinha idéia de como isso ia afetar meu colesterol e fígado - tenho tido fígado gorduroso por quase 20 anos!

Mais de um ano depois... Para resumir - quando a médica viu meus números, ela olhou severamente para mim e disse: "Você começou uma dieta LCHF ou algo do tipo ?"

Um pouco assustada, confirmei que tinha cortado significativamente os carboidratos.

Ela me deu uma folha impressa com meus números. Eles estavam completamente normais. Meu fígado gorduroso está normal. Os números de colesterol, melhores que nunca, e todos os outros números estão bons.

Meu fígado está agora sem excesso de gordura pela primeira vez em 19 anos!

Minha hemoglobina glicada está perfeita. Eu perdi 10kg, e mais de 8cm na cintura. Aí está - funciona!

Quase não posso acreditar. Tenho que admitir que eu estava cética e um com um pouco de medo quando comia iogurte integral, manteiga, peixe gordo e carne sem remover a gordura. Mas funcionou de verdade!

A médica me disse para continuar a fazer o que eu estava fazendo, e eu perguntei a ela se ela recomendaria LCHF e baixo IG a seus pacientes agora. Ela disse algo do tipo: "Agora nós podemos, porque as autoridades mudaram suas recomendações". Então ela me alertou sobre comer muita gordura saturada e carne vermelha, e recomendou vegetais, carboidratos complexos, peixe e a redução de laticínios para um sistema digestivo mais feliz. E então ela disse "Nós temos visto isso há muito tempo, a respeito dos carboidratos, mas não podíamos dizer nada".

Eu vou continuar minha LCHF moderada. Quando como carboidratos simples, minha glicemia sobe novamente, então não estou "curada" dos meus problemas subjacentes. Mas eu prefiro ficar longe dos carboidratos do que tomar medicação! E de mais a mais, agora tenho a confirmação da médica!

Então, obrigada a você e a todos os outros.

E eu espero que os médicos comecem a receitar dieta low-carb.

Atenciosamente,
Uma mulher de 44 anos

Congratulações pelas suas melhoras de saúde!

Gostaria que mais pessoas recebessem ajuda similar dos sistemas de saúde, ao invés de terem que encontrar a informação por conta própria. Certo ?

Umas pequenas objeções a uma história que de outra maneira seria encorajadora:

O conselho da doutora sobre gordura saturada é, obviamente, ultrapassado. Não há suporte científico à idéia de que a gordura saturada seja algo além de inofensiva. Carne vermelha também é completamente segura de se comer.

Mas no geral, pode-se dizer que essa médica estava aberta ao novo conhecimento. Então em um ano ou mais, talvez ela esteja melhor informada.

Recomendado para você

3 comentários

Click here for comentários
1 de agosto de 2014 15:08 ×

Tenho 30 anos e diagnostico de SOP desde os 15 anos, quando fiz minha primeira ecografia.
Sempre fui uma mulher "grande", e nos últimos 3 anos tive acompanhamento com nutróloga, fui em diversos endocrinologistas/ginecologistas mas não conseguia perder peso. Fazia academia, natação, no último ano contratei até um personal trainer, e nada de perder peso, nem mesmo com dieta+ exercícios +medicação pra emagrecer. Todo mês qdo voltava na nutri e o meu peso não tinha mudado, ou mudado pouco, mesmo com tanto esforço, me sentia frustrada e imaginava qto mais ainda teria q restringir minha alimentação para conseguir perder peso...

conversava com amigas sobre a dificuldade de emagrecer, sempre sentia das pessoas: "ah, mas então você está fazendo alguma coisa errada", ou insinuavam que eu comia escondido.

Os sintomas da SOP tb estavam se manifestando com maior intensidade, especialmente agora em 2014: espinhas, perda excessiva de cabelos e aumento de peso. Parei a pílula e em UM mês engordei 6 kg, sem ter tido nenhuma alteração em habitos/rotina em relação ao período anterior.

Comecei a pesquisar a respeito e li sobre a síndrome metabólica e resistência à insulina, e me indaguei pq mesmo depois de tantas consultas NENHUM médico me solicitou exame de insulina ou cogitou que eu pudesse realmente ter algo errado com meu metabolismo. Fiz os exames e a resistência a insulina foi confirmada. Desde então lido bastante sobre a dieta paleo e estou seguindo há uma semana. Confesso que é difícil abandonar certos alimentos, ainda mais qdo faço as refeições com a minha família, que continua comendo "normalmente"..
Estou terminando a 1a semana e já perdi 3 quilos (provavelmente em líquidos), fiquei mto feliz com o resultado. Sei que é muito cedo ainda, mas estou ansiosa para ver os resultados dessa mudança de hábitos na minha vida, e se definitivamente conseguirei perder qse 25 kg acumulados nos últimos anos.

Reply
avatar
Teimosia
admin
1 de agosto de 2014 15:28 ×

Olá, Ana

Se quiser, podemos contar o seu caso aqui no blog... Mantenha-se firme, espere chegar aos 30 dias de prática, e depois me mande um email contando a história toda: paleodiario@gmail.com

Em tempo: procure por SOP aqui no blog, leia os artigos da Stefani Ruper e da Lara Briden.

Reply
avatar
Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores