Torta de abóbora

Já tinha tempo que eu namorava a idéia de fazer uma torta de abóbora. Provavelmente, por influência dos desenhos do Snoopy quando criança.

Hoje, decidi botar mãos-à-obra. A base da minha torta foi a receita da Elana, mas mudei alguns ingredientes por não ter os originais em casa.

Massa


  • 1 xícara de farinha de coco
  • 1/2 xícara de farinha de linhaça dourada (não costumo comer muita linhaça, mas abri a exceção hoje)
  • 1/2 xícara de coco ralado
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 2 ovos
  • 3 colheres de óleo de coco

Recheio

  • 450g de abóbora cozida
  • 1/2 xícara de leite de coco
  • 1/2 xícara de mel
  • 3 ovos
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 1/2 colher de canela em pó
  • 2 colheres de coco ralado


Como fazer


Massa: no processador, misture primeiro as farinhas e o sal. Depois acrescente os ovos e o óleo, e processe até ter uma massa firme. Faça uma bola, e espalhe-a pelo fundo de um refratário ou assadeira. No meu caso, o refratário era maior do que eu imaginava, então não deu para fazer uma borda alta com a massa.

Recheio: no processador ou liquidificador, misture a abóbora e os ovos até virar um creme. Adicione todos os outros ingredientes e continue liquidificando.

Despeje o recheio sobre a massa, e leve ao forno pré-aquecido em 180 graus por 50 minutos. Deixe esfriar bem, antes de fatiar. Ficou uma delícia, embora não tão bonita quanto a da Elana.

Partiu abóbora!

Vai ao fogo com casca e tudo (só removo as sementes), depois é que a polpa é removida com colher

Farinhas no medidor

Massa pronta e espalhada no refratário

Torta crua

50 minutos a 180 graus depois... 

Primeira fatia!

Servido ?


Recomendado para você

5 comentários

Click here for comentários
chicletano
admin
19 de maio de 2014 11:07 ×

Bom dia guri ........ Mas me diga posso substituir o óleo de coco por outro ?

Reply
avatar
Teimosia
admin
19 de maio de 2014 11:41 ×

Claro! A sua imaginação é o limite... Substitua por manteiga, banha, nata, azeite de oliva, óleo de abacate... A minha próxima torta vai ter manteiga na massa, e batata-doce no lugar da abóbora :-D

Reply
avatar
21 de maio de 2014 09:23 ×

Bom dia, posso substituir o mel por adoçante Stevia? É para o meu pai que é diabético.

Reply
avatar
Teimosia
admin
21 de maio de 2014 10:43 ×

Olá, Douglas

Eu nunca usei stevia para cozinhar. Ela resiste bem ao calor ? Geralmente, quando preciso cozinhar com adoçante, uso sucralose em pó (resiste bem ao calor). O seu pai pode comer sucralose ?

Reply
avatar
chicletano
admin
24 de maio de 2014 08:23 ×

Ao ler o texto (abaixo) não resisti vim correndo postar. Impressionante como as idéias, a percepção muda após se ter conhecimento das armadilhas da nutrição. Palavrinhas inocentes comentadas aqui e ali para disfarçar um mal que assola,povoa inunda o mundo do que é a nutrição, alimentação.

Boas Notícias para Seu Coração
Não importa se você tem 35 ou 65 anos, nunca é tarde para reduzir o risco de enfermidades cardíacas.
Há vários riscos associados com doenças cardíacas coronárias, incluindo falta de exercícios, obesidade, histórico familiar, hábitos de fumar e níveis elevados de colesterol. Alguns destes fatores podem ser eliminados com mudanças no estilo de vida. Por exemplo, há evidências científicas que dietas com baixos níveis de gordura saturada e colesterol podem reduzir o risco de doenças cardíacas.

Reply
avatar
Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores