Maromba diária

Flexões:
  • Abertas: 20
  • Tradicionais: 10
  • Diamante: 10
  • Militares: 10
  • Alternadas: 20
Mini-dips: 30, 30
Rosca de bíceps (não tinha como ver o peso): 10, 10, 10
Agachamento isométrico: 2x60s
Pull-ups: 10, 7, 5

Recomendado para você

5 comentários

Click here for comentários
Jussara
admin
15 de março de 2014 14:27 ×

Como está se sentindo fazendo diferentes tipos de flexão? Fica mais puxado?
Por que não dava pra ver o peso da rosca de bíceps? Fiquei curiosa. Você fez com uma barra?
Aproveitando, você conhece aquelas sandbags que o povo usa muito nos EUA, em vez de usar barra? Parece ser mais prática porque dá pra ir aumentando o peso com areia, e dá pra usar em casa. Se conhece, o que acha? Pena que aqui não vende.

Reply
avatar
Teimosia
admin
15 de março de 2014 15:33 ×

As flexões estão mais puxadas sim. As alternadas, principalmente.

Quanto à rosca, não dava para ver o peso porque fui enchendo uma mochila com livros até achar que estava pesado o suficiente... Como estou fazendo faculdade à noite, tenho mais ou menos 1h entre o fim do expediente e o início da aula. Não dá para ir em casa, então estou malhando no trabalho :-)

Conheço os sandbags sim, mas acho que vou embarcar é no clone do TRX mesmo...

Reply
avatar
Jussara
admin
16 de março de 2014 16:13 ×

Admiro sua disposição! :)

Estou pensando em comprar um sandbag... eu tenho barra, mas vai chegar uma hora em que não vou mais conseguir aumentar o peso sem alguém pra me auxiliar a pegá-la.

Muito legal suas habilidades manuais. Eu pensei que nem existisse mais homem com essas habilidades, ainda mais da sua geração. Meu pai também era muito habilidoso, e sempre fez de tudo, tudo mesmo. Hoje não faz mais porque tem problema na visão; e dá pena, pois ele sempre fez de tudo, e não poder mais fazer o deprime. Mas é a vida...

Reply
avatar
Teimosia
admin
16 de março de 2014 16:24 ×

Herdei isso do meu avô...

Lá no meu sítio, eu fiz o portão, a cerca, os dois sofás (almofadas incluídas), a mesa (com 4 cadeiras), os armários dos quartos, cozinha, banheiro e sala :-) E foi tudo bem na época em que eu adotei paleo - então a energia era infinita. Trabalhava a manhã inteira em jejum, depois batia um pratão no almoço e esticava trabalhando pesado até as 18h, sem descanso. Jantava e tomava um vinhozinho, para começar de novo no dia seguinte.

A maior parte do peso que perdi, foi construindo isso tudo em diversos fins-de-semana ao longo de 2013 :-D

Reply
avatar
Jussara
admin
16 de março de 2014 22:20 ×

Que legal, Hilton! Parabéns mesmo! Acho admirável fazer coisas assim (e ter cabeça boa para cálculos, pois tem que ter. rs).
E que legal que a páleo ajudou, e te fez unir o útil ao agradável. :)

Reply
avatar
Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores