Bolinho cetogenérico

Inspirado pelo bolinho cetogênico mais fácil do mundo, passei a comer uma variação do mesmo quase todo dia no café da manhã...  Até hoje, nunca deu errado:
  • 1 ovo
  • 2 colheres de farinha low-carb (farinha de coco, coco ralado, farinha de amêndoas, etc)
  • 2 colheres de óleo (azeite de oliva, óleo de coco, manteiga, nata, banha, etc)
  • 1/4 de colher de chá de fermento químico
  • Adoçante para forno ou sal a gosto (depende de que versão do bolinho você quer)
  • Complementos (cacau em pó, queijo, presunto, castanhas, etc)
Misture tudo com um garfo dentro de uma xícara (ou pote que possa ir ao microondas) e asse no microondas por 2 minutos. Sirva (eu gosto de comer o bolinho doce ainda quente, acompanhado de iogurte natural gelado)

Recomendado para você

2 comentários

Click here for comentários
Bruna
admin
4 de fevereiro de 2014 15:38 ×

Queria um bolinho doce, mas fiz com manteiga com sal e apesar das 20 gotas de sucralose, ficou salgado, da próxima vou usar os complementos sugeridos, acho que ficaria bom com queijo e presunto.

Reply
avatar
Teimosia
admin
4 de fevereiro de 2014 16:11 ×

Olá, Bruna

Experimente usar manteiga sem sal (ou creme de leite, nata, azeite de oliva, óleo de coco...), ou então sucralose em pó.

Eu já percebi que com creme de leite ou nata, fica muito mais macio do que com os outros.

Uma outra dica é, depois de o bolinho pronto, umedecê-lo com água ou leite. Dá outra textura...

Reply
avatar
Thanks for your comment

Sobre o autor

Mineiro de Teófilo Otoni, morador de Belo Horizonte. Gosto muito de comer, e depois de alguns anos chafurdando na comilança de bobagens, decidi tomar tento e passar a comer comida de verdade. Descobri o modo de alimentação paleo/LCHF em meados de 2010, mas só comecei a por em prática em fevereiro/2013.

Hoje, sou mais feliz - e os exames de laboratório estão TODOS melhores :-D

Acompanhe minha trajetória em fotos aqui.

Aviso!

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!

Visualizações

Seguidores